Crítica Filme - "O Destino de Uma Nação" - Rita Vaz


Filmes que falam de um personagem ou evento históricos são sempre bem-vindos, eles nos dão a oportunidade de espiar a história, bem acomodados em uma poltrona.
Essa experiência é ainda melhor quando grandes profissionais são unidos e dão o melhor de si, proporcionando um espetáculo visual recheado de técnicas de iluminação, som, atuação e diálogos competentes.
Em “O Destino de Uma Nação” assistimos Winston Churchill chegar ao poder, tornando-se o Primeiro Ministro do Reino Unido em um momento crucial da história da humanidade, durante a Segunda Guerra Mundial.
No longa somos apresentados a um Churchill que exala fumaça, gordura e rompantes de humor, indo da calmaria à explosão, em poucos segundos.
E logo no início do filme assistimos ao Parlamento Inglês o elegendo, apesar das ressalvas de muitos, inclusive a do Rei George VI.
O mundo está sob as garras de Hitler, que está invadindo toda a Europa e colocando a humanidade sob risco, Churchill será a pessoa que terá que decidir se aceita um acordo de paz, oferecido por ele, ou se entra em um confronto real e maciço no seu país, culminando com a retirada das tropas inglesas do norte da França, na batalha de Dunkirk.
Será através de suas ações e de seus eloquentes discursos que ele convencerá uma nação do que é melhor para ela.
De forma absolutamente arrebatadora, Gary Oldman interpreta Churchill debaixo de uma densa camada de maquiagem. Mas, apesar dela, é a atuação de Oldman que nos faz ver, o personagem Churchill o tempo inteiro. Ele está magistral!
A direção de Joe Wright é excelente no que diz respeito ao andamento do filme, às tomadas peculiares, aos close-ups e muito mais.
E são os close-ups que nos impressionam, pois, a maquiagem em Oldman é algo incrível, ela simplesmente parece ser verdadeira.
Outros personagens também chamam a atenção como o Rei George do ator Ben Mendelsohn, a esposa Clementine Churchill da atriz Kristin Scott Thomas e a secretária Elizabeth Layton de Lily James, que se destacam naturalmente.
“O Destino de Uma Nação” é um filme que deve ser assistido por todas as pessoas, tanto pela história que conta, como pelas ricas imagens que proporciona. Recomendo!

Título Original: Darkest Hour
Gênero: Biografia/Histórico/Drama
Duração: 2 horas e 06 minutos
Ano de Lançamento: 2018
Direção: Joe Wright

Elenco: Gary Oldman, Kristin Scott Thomas, Ben Mendelsohn, Lily James, Ronald Pickup, Stephen Dillane, Samuel West, Hilton McRae.

RITA VAZ

Nenhum comentário: