Crítica Filme "Mama".


Você gosta de filmes de terror? Então não pode deixar de assistir “Mama”.

A história tem todos os elementos clássicos do gênero, assusta, provoca calafrios e faz você pular da poltrona.

Mas, não pense que você vai assistir ao filme e prever os acontecimentos, pois apesar dos elementos clássicos estarem lá, a história é surpreendente.

Victoria e Lilly são duas pequenas irmãs que ficaram desaparecidas durante cinco anos, e que de repente reaparecem.

Sem explicações de como sobreviveram, elas são rapidamente adotadas por seu tio, já que seus pais tiveram um passado sombrio.

O tio Lucas e sua namorada Annabel tentam dar às meninas uma vida normal, apesar do comportamento estranho que muitas vezes elas têm, pois sempre conversam com alguém invisível que chamam de mama.

Apesar de junto deles, estar um psiquiatra que tem muito interesse em conhecer uma mente que passou tanto tempo sozinha, eles não sabem se acreditam ou não nas meninas.

O fato é que acontecimentos estranhos surgem pela casa o tempo todo e a verdade sobre o paradeiro das meninas e a presença invisível na vida deles será mais aterradora do que eles jamais poderiam imaginar.

Com a assinatura de Guilhermo Del Toro, o filme é perfeito para os “amantes” do terror.

Nenhum comentário:

Crítica Filme "Ferrari" por Rita Vaz

Estreia nesta quinta-feira o filme “Ferrari” dirigido pelo cineasta Michael Mann, que também já dirigiu grandes produções, como “O Último do...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba