Juliano e Letícia Cazarré participam de divulgação de Guadalupe - Mãe da Humanidade

Novo documentário distribuído pela Kolbe Arte chegará aos cinemas no dia 02 de maio.

 Em vídeo publicado na tarde desta terça-feira, nas redes sociais, em parceria com a Kolbe Arte, distribuidora de filmes católicos, o casal Juliano e Letícia Cazarré anunciaram oficialmente a data de lançamento de Guadalupe - Mãe da Humanidade, que chega com exclusividade aos cinemas de todo o País em 02 de maio. 

A exatamente um mês da estreia daquele que promete ser um grande lançamento, distribuído pela Kolbe Arte, o casal revelou também ao público o testemunho e experiência pessoal com a Virgem de Guadalupe, padroeira da América Latina.

Muito devota de Nossa Senhora, Letícia Cazarré, revela no vídeo que toda a família se consagrou à Nossa Senhora sob o título de Guadalupe quando ainda estava grávida de sua quinta filha, Maria Guilhermina, antes mesmo do casal ter conhecimento do diagnóstico da criança. 

Maria Guilhermina de Guadalupe é a quinta de seis filhos do casal e possui anomalia de Ebstein, uma cardiopatia congênita. Por essa razão, o casal viveu grandes desafios relacionados aos cuidados da pequena. “Queremos falar de alguém a quem nós muito recorremos aqui em casa. Alguém que abraça, que acolhe e que protege a nossa família. Ela que tem muitos nomes, muitos títulos, mas é sempre a mesma: Maria, Mãe de Deus e Nossa Mãe. Mas, aqui em casa a gente tem uma devoção especial à Nossa Senhora de Guadalupe”, disse o ator ao comentar sobre a devoção da família à padroeira da América Latina.

Documentário sobre Virgem de Guadalupe estreia em um mês nos cinemas.

O docudrama Guadalupe - Mãe da Humanidade, apresenta a história de Nossa Senhora que aparece no México a Juan Diego. Maria, mostra ao aparecer com traços indígenas, que está no meio desse povo, assim como costuma fazer em suas aparições em diversos lugares do mundo.

A aparição de Guadalupe desafia a ciência, uma vez que a imagem replicada na tilma de Juan Diego, não tem explicação científica. Por exemplo, o tecido do manto não se decompõe e perdura por séculos. Outros diversos fatos referentes à imagem aumentam a curiosidade e a devoção dos fiéis.

O título de Nossa Senhora de Guadalupe é conhecido em todo mundo, de forma especial na América Latina, e arrasta multidões à Basílica de Guadalupe na Cidade do México, um dos santuários marianos mais visitados do mundo. Testemunhos de cura, famílias restauradas e conversão são contados no filme documentário, que em breve terá pré-venda liberada.

SINOPSE

Nunca nenhuma mãe se mostrou tão terna e tão poderosa ao mesmo tempo como aquela que apareceu há 500 anos ao indígena Juan Diego. Hoje, mais do que nunca, Nossa Senhora de Guadalupe mostra a sua ternura e o seu poder em tantos lugares do mundo. Por que e como aconteceu o aparentemente impossível? Que mistérios são reservados na Tilma? Serão verdadeiras as tantas histórias de milagres? Este filme nos leva às aparições como se estivéssemos lá.

Testemunhos impactantes e inéditos fazem dele um canto luminoso e ágil, que busca a verdade e descobre o amor irresistível daquela que é a Mãe de Deus e da Humanidade, derretendo corações em lágrimas e transformando o mundo a partir de dentro.

Nenhum comentário:

CineSesc de 25.04 a 1.05

                                                                   La Chimera e Dorival Caymmi são destaques no CineSesc   A semana conta co...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba