A Invenção do Outro é o melhor filme do 21º Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá - CINEMATO; júri popular escolhe Beatriz Vira-folhas


O documentário A Invenção do Outro (RJ), de Bruno Jorge, foi eleito pelo júri oficial como melhor filme de longa-metragem do 21º Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá - CINEMATO. "Recebo esse prêmio como um abraço", agradeceu o cineasta. 

Já o júri popular escolheu Beatriz Vira-folhas (MT), de Samantha Col Debella.

O melhor longa mato-grossense foi Chumbo, de Severino Neto.

O melhor curta-metragem nacional foi Fantasma Néon (RJ), de Leonardo Martinelli. E o mato-grossense A Indômita Revolta dos Morangos Assassinos, de Emília Top Tiro e Olavo Fernandes.

 

A cerimônia de premiação foi realizada neste sábado (28), no Teatro da UFMT, em Cuiabá. 

De 22 a 28 de outubro, o festival recebeu referências da cena audiovisual de todo o país, entre eles a atriz cearense Ana Luiza Rios, do longa-metragem Mais Pesado é o Céu, no qual contracena com Matheus  Nachtergaele. Ela recebeu o prêmio de melhor atriz e o filme, de melhor fotografia. "Foi muito legal ter vindo. Estreamos em Gramado e depois fomos passando por outros festivais em Maranhão, Arapiraca (AL) e agora estamos aqui, em Cuiabá. Isso é muito importante, porque a gente faz filmes para que sejam vistos e o CINEMATO abre esse espaço. O festival está de parabéns por já estar em sua 21ª edição, isso em si é louvavel". 

Lobo Mauro, do curta-metragem Fantasma Néon, também esteve no festival. "É um espaço relevante para quem faz curtas, porque este formato não passa em cinema, não passa em televisão então para encontrar os públicos os festivais são imprescindíveis". 

No encerramento do 21º CINEMATO, o cineasta e curador do evento Luiz Borges deixou, através da Carta de Cuiabá, uma mensagem aos governos, aos empresários e às instituições, de que é preciso apoiar a produção cinematográfica local e o Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá. "Depois de seis anos suspenso, o CINEMATO mostrou por que voltou, com nível de filmes fantástico, todos os realizadores dos filmes selecionados presentes, a homenageada Dira Paes que encantou a todos, enfim, sem o CINEMATO a difusão audiovisual brasileira, a mato-grossense, não chega ao espectador, nós somos a única janela dessa produção, que cada vez mais precisa de garantias para que resista".

Borges agradeceu todos os envolvidos na realização do evento. O Governo de Mato Grosso e o Canal Brasil, a parceria com a PROCEV (Pró-Reitoria de Cultura, Extensão e Vivência), IGHD, UFMT e Primeiro Plano Cinema e Vídeo. O apoio institucional da Assembleia Legislativa, SEBRAE/MT, Prefeitura de Cuiabá/Secretaria Municipal de Esporte Lazer e Cultura, Cineclube Coxiponés e RECMT. Todo o apoio do Intercity Hotéis, da TV Centro América, do ICV, destacando a  realização do Instituto Inca - Inclusão, Cidadania e Ação. E aos deputados Lúdio Cabral e Beto Dois a Um em razão de que pela primeira vez o festival concede prêmios em dinheiro por meio de emenda parlamentar.

 

Veja lista completa dos premiados 

Melhor Filme Brasileiro - A Invenção do Outro, do diretor Bruno Jorge (júri oficial) 

Melhor Filme Mato-grossense - Chumbo do diretor Severino Neto 

Melhor Primeira Direção de Longa-metragem - Samantha Col Debella pelo filme Beatriz Vira Folhas 

Melhor Atriz - Ana Luiza Rios pelo filme Mais Pesado é o Céu 

Melhor Atriz Revelação - Gabriela Freire pelo filme Entrelinhas 

Melhor Elenco - Aisha Brunno, Bramma Bremmer, Igui Leal, Will Soares pelo filme Tudo o que Você Podia Ser 

Melhor Fotografia - Petrus Cariry pelo filme Mais Pesado é o Céu 

Melhor Curta nacional: Fantasma Neon - RJ 

Melhor Curta MT- A Indômita revolta dos morangos assassinos - MT  

Melhor Documentário -  Urubá - RN 

Melhor Animação - EWÉ de Òsáinyín: o segredo das folhas - BA  

Melhor Direção - Emília Top Tiro e Olavo Fernandes (A indômita revolta dos morangos assassinos )  

Melhor Fotografia - Felipe Quintelas (Fantasma Neon) 

Nenhum comentário:

Canal Brasil reexibe episódios de "O Papel da Vida", conduzidos por Marina Person

“ O Papel da Vida ”, programa apresentado por Marina Person durante 2 anos no Canal Brasil, terá alguns episódios reprisados a partir de seg...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba