O Barulho da Noite”, protagonizado por Emanuelle Araújo e Marcos Palmeira, concorre no 51º Festival de Cinema de Gramado

 

Primeiro longa-metragem do Tocantins a participar do Festival de Cinema de Gramado e único dirigido por uma mulher a entrar na competição deste ano, “O Barulho da Noite”, de Eva Pereira, é protagonizado por Emanuelle Araujo e Marcos Palmeira. A distribuidora Lira Filmes acaba de divulgar o teaser com as primeiras imagens do filme e o cartaz inédito. Ambientada em um lugar remoto, no sertão, a história se apresenta a partir da relação delicada das irmãs Maria Luiza (7) e Ritinha (5), interpretadas por Alícia Santana e Anna Alice Dias, com Agenor (Marcos Palmeira), seu dedicado e afetuoso pai. Castigada pelas lembranças e traumas da infância e sobrecarregada com as tarefas que lhe cabem, Sônia (Emanuelle Araujo) vive à flor da pele. A fragilidade daquela estrutura familiar é profundamente abalada com a chegada de Athayde (Patrick Sampaio), suposto sobrinho de Agenor que vem para ajudar na lavoura.  

 

Agricultor e folião do Divino Espírito Santo, Agenor parte em viagem para cumprir seus deveres religiosos na Festa do Divino, deixando sua mulher e filhas aos cuidados do intruso. Ao tratar de temas delicados e retratar o cotidiano rural do Brasil profundo, "O Barulho da Noite" revela uma história dramática contada por não ditos, pelo olhar da menina que se cala e se encolhe pela dor silenciada e pelo pedido mudo de socorro, nunca atendido. O elenco conta também com Tonico Pereira no papel do caixeiro-viajante Chico Mascate.

 

"Apesar de se tratar de um drama, o filme não envereda pelos excessos melodramáticos. Mas sim pelos sentimentos represados no olhar, pela força do que fica preso na garganta e salta aos olhos. A luz de lamparina e os sons noturnos marcam todas as nuances, já que os pontos de viradas se concentram à noite", diz a diretora Eva Pereira, que faz sua estreia na direção de um longa de ficção.

 

"O Barulho da Noite" concorre na competição principal do 51º Festival de Cinema de Gramado, que acontece de 11 a 19 de agosto, na Serra Gaúcha. A direção de fotografia é assinada por Fabrício Tadeu (“Alemão 2”, “Aquarius”) e a produção é da MZN Filmes, de Márcio e Diego Mazaron, e Cunhã Porã Filmes, em coprodução com a Bananeira Filmes, de Vânia Catani, e com o Canal Brasil. A distribuição é da Lira Filmes e o lançamento nos cinemas está previsto para 2024.

 

SINOPSE

Sônia é uma mulher que silencia muitas dores da infância e se sente esquecida e invisibilizada pelo marido, Agenor, agricultor e folião do Divino Espírito Santo. Pai dedicado e afetuoso, Agenor batalha para dar uma vida melhor à mulher e às duas filhas. Todo ano, em nome de sua fé, deixa a família sozinha no sertão do Tocantins por 40 dias. A chegada do misterioso Athayde, suposto sobrinho de Agenor, vai transformar a vida da família.

 

ELENCO 

Marcos Palmeira (Agenor) 

Emanuelle Araujo (Sônia)

Tonico Pereira (Chico Mascate) 

Patrick Sampaio (Athayde)

Alícia Santana (Maria Luíza) 

Anna Alice Dias (Ritinha)

 

PARTICIPAÇÕES 

Mercês Campelo 

Cícero Belém 

Foliões de Natividade 

Wertemberg Nunes 

Antista do Acordeon

 

FICHA TÉCNICA

Roteiro e Direção: Eva Pereira


Nenhum comentário:

Festival de Cinema Brasileiro de Paris anuncia programação completa de sua 26ª edição

"Nas Ondas de Dorival Caymmi", "Barravento", "Nosso Sonho" e "Meu Nome É Gal".  O Festival de Cinema...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba