EAMI, de Paz Encina, é destaque no Mulher no Cinema | 17 de Agosto nos Cinemas


A Asoja é a mulher-deusa-pássaro que transmuta seu espírito. Ela era um tigre, ela era uma planta, ela era uma onça e hoje ela é uma menina, Eami, que deve curar sua dor.

EAMI é uma história sobre pessoas deslocadas. É a memória de um povo que deve migrar de seu lugar de origem – uma selva cada vez menor do Chaco paraguaio – para se tornar “coñone”, uma palavra ayoreo que significa insensível ou tolo, e é a palavra que eles usam para nos definir.

Falado na Língua Ayoreo, o novo filme da diretora Paz Encina (do aclamado "Hamaca Paraguaya") recebeu o Tiger Award de Melhor Filme, prêmio principal do Festival de Rotterdam.

 Estreia dia 17 de Agosto em Cinemas Selecionados e na FILMICCA em Setembro



Nenhum comentário:

Festival de Cinema Brasileiro de Paris anuncia programação completa de sua 26ª edição

"Nas Ondas de Dorival Caymmi", "Barravento", "Nosso Sonho" e "Meu Nome É Gal".  O Festival de Cinema...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba