Crítica Filme "Gatos no Museu" por Rita Vaz

Estreia nesta quinta-feira a ótima animação russa “Gatos no Museu” dirigida por Vasiliy Rovenskiy que já fez outros longas como “Pinocchio: O Menino de Madeira” e “Animais em Apuros”.

Você sabia que essa animação é baseada em fatos reais? Parece incrível, mas, é verdade.

Uma vez por ano, o Museu Hermitage em São Petesburgo na Rússia, abre seus porões e convida os visitantes a conhecer os gatos que vivem lá.

Isso ocorre durante o “Dia do Gato no Hermitage”, entre o final de maio e o início de junho. E eles estão lá porque fazem melhor do que ninguém, a tarefa de exterminar ratos. Desde o século XVIII eles protegem o Hermitage e a cidade.

Com esse “fundo de pano” conhecemos na trama um jovem gato que sofreu um naufrágio e vai parar em uma pequena ilha com uma casa abandonada.

Nessa casa ele dá de cara com uma obra de arte, um Modigliani, apesar de não saber disso. Depois de alguns eventos ele conhece Maurice, um rato que também mora nessa casa e dá a ele o nome de Vincent (o jovem gato é laranja, ou ruivo como Van Gogh).

Após uma enchente, eles são levados da ilha e acabam chegando em um Museu, um dos maiores do mundo, o Hermitage.

Lá eles conhecem uma equipe especial de gatos, que tem como missão proteger as obras de arte e manter o museu livre de roedores e pragas.

Após se unir ao grupo, Vincent precisa enfrentar desafios emocionantes para proteger o seu amigo Maurice e também um tesouro de valor inestimável: a Mona Lisa.

Durante a sua jornada, Vincent vai aprender sobre companheirismo, amor e confiança.

“Gatos no Museu” é um filme feito para crianças pequenas, que fala a língua delas, onde problemas são facilmente solucionados, assim como os pequenos fazem, bem lindo de assistir. Além de introduzir a criança no mundo da arte.

O papai ou a mamãe que assistir ao filme junto com seu filho ou filha, vai ficar impressionado com a quantidade de obras de arte que aparece na tela, com as diversas referências ao mundo da arte, como por exemplo o nome do jovem felino.

E as crianças ficarão felizes com essa história divertida, animada e cheia de aventura e emoção.

“Gatos no Museu” é um filme que fala sobre amizade, sobre coragem, sobre companheirismo e sobre o mundo das artes. Super recomendo!

Nenhum comentário:

Festival de Cinema Brasileiro de Paris anuncia programação completa de sua 26ª edição

"Nas Ondas de Dorival Caymmi", "Barravento", "Nosso Sonho" e "Meu Nome É Gal".  O Festival de Cinema...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba