VITRINE FILMES FILMES MARCA PRESENÇA COM 8 TÍTULOS EXCLUSIVOS NA 45a MOSTRA INTERNACIONAL DE CINEMA DE SÃO PAULO

Mais uma vez, a Vitrine Filmes faz parte de um dos principais eventos cinematográficos do Brasil, no seu lineup de oito títulos exclusivos de longas nacionais e internacionais, ela integra oficialmente a programação da 45a Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, com início no dia 21 de outubro, de forma híbrida, havendo sessões presenciais e online durante toda a programação do evento até o dia 03 de novembro. 

Entre eles estão quatro filmes brasileiros, um dos grandes destaques para o evento é o novo longa da diretora Laís Bodanzky, estrelando Cauã Reymond na pele de Pedro I em A VIAGEM DE PEDRO, com uma coprodução Globo Filmes; a premiadíssima animação BOB CUSPE, NÓS NÃO GOSTAMOS DE GENTE de Cesar Cabral; MADALENA de Madiano Marcheti, que foi exibido nos Festivais de Rotterdan e San Sebastian; e A NOITE DO FOGO (Noche de Fuego) de Tatiana Huezo, com uma coprodução nacional da Desvia Filmes, a mesma de “Divino Amor” e “Vermelho Sol”.

Além dos filmes brasileiros, a distribuidora de filmes independentes que há alguns anos investe também nos lançamentos de filmes internacionais, como foi o caso de “Druk – Mais uma Rodada”, vencedor do Oscar de Melhor Filme de Língua Estrangeira, e “First Cow – A Primeira Vaca da América”, de Kelly Reichardt, para citar dois exemplos recentes, apresentará na Mostra de São Paulo quatro longas internacionais com distribuição programada para os próximos meses.

Marcados pelo sucesso nos grandes Festivais por onde passaram, e o bom acolhimento da crítica internacional: o grego, 66 QUESTÕES DA LUA (Moon 66 Questions) , dirigido por Jacqueline Lentzou, exibido no Festival de Berlim 2021; assim como o suíço, AZOR de Andreas Fontana, que além de Berlim, foi aclamado no Festival de San Sebastian; o novo filme do renomado diretor português, Miguel Gomes, dessa vez codirigido com Maureen Fazendeiro, DIÁRIOS DE OTSOGA, no qual teve seu lançamento mundial na Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes 2021; ao lado de O GRITO DAS LEOAS (La colline où rugissent les lionnes), de Luàna Bajrami, que também esteve presente na Quinzena dos Realizadores, junto com o filme de Gomes.

Nenhum comentário:

‘EDUARDO E MÔNICA’ estreia nos cinemas brasileiros no dia 6 de janeiro

  Inspirado nos populares personagens criados por Renato Russo na canção ‘Eduardo e Mônica’, o longa-metragem homônimo estreia nas telonas d...