RT FEATURES FECHA PARCERIA COM PRANO BAILEY-BOND PARA ‘AS COISAS QUE PERDEMOS NO FOGO’


Prano Bailey-Bond (Censor) irá escrever e dirigir AS COISAS QUE PERDEMOS NO FOGO, baseado num conto homônimo da escritora argentina Mariana Enríquez. Bailey-Bond irá dirigir o roteiro a ser escrito com Anthony Fletcher (Censor, The Boat People). Rodrigo Teixeira (Me Chame pelo seu nome) e Lourenço Sant’Anna (O Farol), ambos da RT Features, irão produzir, tendo Alan Terpins como produtor executivo. 

Em AS COIAS QUE PERDEMOS NO FOGO, uma comunidade de mulheres recorre a ações ainda mais extremas em resposta à violência masculina. A trama combina elementos de horror e feminismo num comentário subversivo sobre o mito contemporâneo da beleza; uma visão sombria de uma sociedade na qual mulheres tomam o controle de sua imagem da maneira mais drástica imaginável. 

Em 2017, a coletânea Las cosas que perdimos en el fuego foi traduzida para o português por José Geraldo Couto, e publicada, no Brasil, como As coisas que perdemos no fogo pela Intrínseca.

Prano Bailey-Bond comenta: “Esse conto é incrivelmente provocador e relevante com uma energia feroz em seu coração. É uma honra adaptá-lo para o cinema. A RT Features produziu alguns dos filmes mais empolgantes dos últimos anos, trabalhando com diversos diretores que são heróis para mim. Estou extremamente entusiasmada por trabalhar com eles nesse projeto.”

Rodrigo Teixeira da RT Features acrescenta: “Tínhamos a propriedade do texto por algum tempo já,  e o fato de que Prano nos procurou significa muito. Ela é extremamente talentosa, e Censor é um tremendo filme de estreia. Estamos muito empolgados com a parceria com ela e o Anthony para desenvolver esse roteiro baseado no conto poderoso de Mariana Enríquez.”

Bailey-Bond é uma diretora e roteirista que nasceu no País de Gales. Ela foi escolhida, em 2021, como uma das “Diretoras A Se Prestar Atenção”, pela Variety, e como um “Estrela do Amanhã”, pela Screen International, em 2018. Seu filme de estreia Censor, protagonizado por Niamh Algar, abriu a seção da seleção da Meia-Noite do Festival de Sundance de 2021, e também foi selecionado para a mostra Panorama, do Festival de Berlim. 

A RT Features está lançando dois filmes no Festival de Cannes nesta semana: Murina, de Antoneta Alamat Kusijanovic, na Quinzena dos Diretores, e Bergman Island, de Mia Hansen-Løve, que estreia na Competição. A produtora recentemente anunciou Ainda Estou Aqui, que será dirigido por Walter Salles, baseado no livro de Marcelo Rubens Paiva sobre sua mãe, Eunice Paiva, e está preparando Armageddon Time, de James Gray, em parceria com a Focus Features. 


Nenhum comentário:

HOMEM ONÇA estreia nos cinema brasileiros dia 26 de agosto

Situado no final dos anos de 1990, HOMEM ONÇA, de Vinícius Reis, investiga como a história do país reflete e interfere na vida pessoal de Pe...