OLHAR DE CINEMA MARCA POSIÇÃO E ABRE SUA MAIOR EDIÇÃO



Com dez mostras, 131 filmes e diversas atividades paralelas festival já é um dos mais importantes eventos de cinema do Brasil

Aconteceu ontem a abertura do 8ª Olhar de Cinema - Festival Internacional de Curitiba. O filme escolhido para a abertura foi “Banquete Coutinho”, documentário de estreia de Josafá Veloso sobre Eduardo Coutinho, um dos maiores documentaristas do Brasil, resultado de um encontro com o diretor, gravado em 2012.

As três salas do Espaço Itaú de Cinema, no Shopping Crystal, ficaram lotadas para a sessão. Antes da exibição do filme, Antônio Junior, diretor geral e artístico do festival falou sobre a edição deste ano. Ele agradeceu ao público presente, à equipe, aos voluntários e às marcas que tornaram possível a realização do evento. “Nesse cenário completamente adverso a gente fez o contrário de tudo e resolveu fazer a nossa maior edição. Já que estava tudo errado, tudo perdido, a gente resolveu fincar a bandeira e ir pra cima, porque se a gente não vai para cima é derrubado, é derrotado”.

Antônio Junior também fez questão de destacar a consternação perante os recentes acontecimentos do país e se solidarizou com os festivais de cinema. “Os eventos estão extremamente ameaçados de não acontecerem esse ano. Vários já anunciaram que não vão acontecer, outros que não sabem como vão acontecer, se vão acontecer”, afirmou. Para o diretor do Olhar, no momento em que o Brasil demonstra a grandeza de seu cinema, principalmente depois da expressiva participação no último Festival de Cannes, “esta é uma situação muito delicada e perversa até com a cultura e com o cinema”.

Uma das novidades deste ano, inclusive, demonstra essa nova fase do cinema brasileiro. A mostra Olhares Brasil faz um apanhado da recente produção do país, com filmes muito diversos na linguagem, mas extremamente relevantes. “É uma mostra para reforçar a importância do cinema brasileiro e celebrar esse cinema que está tão vasto, tão diverso, tão potente”.
Antonio Junior falou ainda das outras novidades da edição, como o 1º Encontros de Cinema de Curitiba, atividade de mercado voltada para as pessoas que já são profissionais da área; a entrada no circuito de salas do recém-inaugurado Cine Passeio, com sessões e outras atividades; a parceria com a Cinemateca para o Fórum de Cinema Paranaense; o novo formato do Seminário de Cinema de Curitiba, agora localizados no hall do Novo Batel, e o aplicativo para celular, especialmente criado para o festival.

O 8º Olhar de Cinema - Festival Internacional de Cinema conta com patrocínio do BRDE, FSA e Ancine, apoio da Sanepar, Copel, Bigben, Ademilar, Lojacorr, incentivo da Lei de Incentivo à Cultura de Curitiba, Fundação Cultural de Curitiba e Prefeitura de Curitiba, Profice, Governo do Paraná e realização da Grafo Audiovisual, Secretaria Especial da Cultura, Ministério da Cidadania e Governo Federal.

Programação completa no site:
e no app exclusivo do evento:
GooglePlay (https://bit.ly/2VxJOvx)

SERVIÇO
8º Olhar de Cinema – Festival Internacional de Curitiba
De 5 a 13 de junho
Shopping Crystal (Espaço Itaú de Cinema), Shopping Novo Batel (Cineplex Batel), Cine Passeio, Cinemateca de Curitiba
Ingressos para os filmes: R$ 14,00 | R$ 7,00 (meia entrada)
Os ingressos começam a ser vendidos dia 22 de maio no local de exibição do filme.
Demais atividades gratuitas e sujeita a lotação da sala ou inscrição prévia.
Twitter: olhardecinema_
Instagram: olhardecinema


Nenhum comentário: