ANIMATIBA vai exibir mais de 50 filmes de animação nacionais e estrangeiros no Cine Passeio







1.a Mostra Internacional de Animação de Curitiba será realizada entre os dias 16 e 19 de maio, quinta a domingo

A fascinante arte da animação, que encontrou em Curitiba terreno fértil com grandes artistas e empresas de destaques no cenário mundial, ganha entre os dias 16 e 19 de maio (quinta a domingo) um espaço exclusivo de apreciação cinematográfica, troca e inovação.

A 1.a Mostra Internacional de Animação de Curitiba – ANIMATIBA – será um evento de integração da arte de animação com palestras, encontros, lançamento de livro, além da exibição de mais de 50 filmes entre longas e curtas-metragens de vários países. As exibições, concentradas no Cine Passeio, sempre das 14 às 21 horas, estão divididas em cinco mostras – Curtas Clássicos Nacionais, Curtas Prata da Casa, Stop Motion Infantil, Curta o Mundo Anim!arte e Longa-Metragens.

Quarenta e três títulos participam da competitiva que irá premiar os grandes vencedores no dia 18 de maio numa festa de confraternização.  

A iniciativa do ANIMATIBA é do diretor e roteirista Paulo Munhoz, criador de “Brichos”, primeiro longa-metragem de animação do Paraná, entre outras obras de animação. Com curadoria de Denize Araújo, Arnaldo Galvão, Ana Fareche e Alexandre Juruena e direção acadêmica de Daniela Michelena, a mostra é realizada por meio do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura da Fundação Cultural de Curitiba (FCC) e Prefeitura de Curitiba.

Positivo é a empresa que incentiva o projeto. Icac (Instituto Curitiba de Arte e Cultura) e Cine Passeio também apoiam o evento. “Há poucos festivais voltados para a animação do Brasil. Entretanto, a animação brasileira é criativa, diversa e de grande qualidade”, ressalta Paulo Munhoz.

Segundo levantamento de 2018 do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDS), o mercado de produções de animação brasileiro movimenta R$ 4 bilhões, entre TV paga, cinema, plataformas de streaming, games e também uso corporativo e publicidade. A animação corresponde ao melhor resultado do audiovisual nacional, gerando empregos de longo prazo – um filme pode levar até cinco anos para ficar pronto – e receita também por meio de subprodutos.  

Por isso, não é coincidência que a abertura oficial do ANIMATIBA, no dia 16, às 10 horas, será com a palestra “O Mercado da Animação”, com Mauro Garcia, presidente da Brasil Audiovisual Independente (BRAVI).

Mostras
A primeira ANIMATIBA vai contemplar os variados gostos e públicos com animações inéditas em Curitiba. A Mostra de Longas conta com dois convidados estrangeiros – “Hoffmaniada” (Rússia) e “Laika” (República Tcheca) - e quatro nacionais – “As Aventuras de Fujiwara Manchester”, “Minhocas”, “As Aventuras do Pequeno Colombo” e “Ritos de Passagem” – todos produzidos nos últimos quatro anos.

A tradição brasileira em curtas de animação será contemplada em uma mostra com 14 curtas clássicos nacionais representando vários estados. A pródiga produção paranaense será homenageada com 11 obras começando com “A Cidade dos Executivos”, curta dos irmãos Wagner, realizada em 1978.

Representando a produção recente de escolas e universidades do exterior, o ANIMATIBA apresentará ao público 18 curtas inéditos na mostra Curta o Mundo Anim!arte. Já as crianças são as convidadas especiais da mostra Stop Motion com uma sessão de 10 curtas estrangeiros.

Pensando a animação
Além da palestra sobre o mercado da animação, o ANIMATIBA vai oferecer aos participantes outros momentos de reflexão sobre a arte da animação. No dia 17 de maio, às 10h horas, será realizada a palestra “História da Animação Brasileira”, com Arnaldo Galvão, seguido do lançamento do livro “Animação Brasileira, 100 filmes Essenciais”, organizado pela ABCA (Associação Brasileira de Cinema de Animação) e Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema)

No mesmo dia, às 14h30, iniciará a atividade do Debate Animado, com exibição de filme surpresa, seguida de análise crítica e debate sobre a obra.
No dia 18, às 10h, será realizado o encontro “Estratégias para a Animação Curitibana e Paranaense” com representantes do setor produtivo, governo, instituições culturais, realizadores independentes e estudantes da área.

Animatiba?
ANIMA é uma palavra de origem grega que significa “alma” e está presente na palavra “animação” no sentido de dar vida ao inanimado. TIBA tem origem no tupi-guarani e significa “muito”. Daí o nome ANIMATIBA, um evento sobre animação, com muita alma, realizado em Curitiba (cidade de muitos pinhões).

SERVIÇO
1.a ANIMATIBA – Mostra Internacional de Animação de Curitiba
16 a 19 de maio
Cine Passeio – Rua Riachuelo, 410, Centro
Ingressos: R$ 10 e R$5 (meia) I (os curtas estão agrupados em sessões de uma hora, a mostra Prata da Casa em sessões de 1h30)
Realização: Tecnokena e Clipagem
Incentivo: Programa de Apoio e Incentivo à Cultura da Fundação Cultural de Curitiba (FCC) Prefeitura Municipal de Curitiba
Apoio: Sauí Cultural, ABCA, ABRANIMA, ANIM!ARTE, Brasil Stop Motion, Icac e Cine Passeio.
Incentivador: Positivo


Nenhum comentário:

OS MELHORES ANOS DE UMA VIDA, DE CLAUDE LELOUCH, CHEGA AOS CINEMAS NO DIA 24 DE JUNHO

  OS MELHORES ANOS DE UMA VIDA,  dirigido por Claude Lelouch, estreia nos cinemas brasileiros no dia 24 de abril. O filme, que f...