Crítica Filme "Capitão América 2 - O Soldado Invernal"




“Capitão América 2” está sendo considerado o melhor dos filmes que a Marvel fez até agora. E pode acreditar nisso, o filme é primoroso.

O longa apresenta um excelente roteiro, novos personagens são introduzidos de forma segura, apresenta grandes cenas de plano aberto e nos brinda com incríveis close-ups que nos coloca ainda mais dentro do filme.

A história acontece após o episódio em Nova York, onde “Os Vingadores” se unem para derrotar Loki e seu exército. 

Steve Rogers, o Capitão América, continua tentando se adaptar à vida moderna, mantém seu treinamento físico e ainda trabalha para a S.H.I.E.L.D. 

Junto da Viúva Negra, ele realiza tarefas que acredita serem dedicadas à justiça e paz mundial.
Acontece que em um desses trabalhos, ele surpreende Natasha, copiando arquivos que não estavam nos planos do evento. 

Mas, isso será somente a ponta de um grande emaranhado de conflitos políticos e militares no qual ele terá de descobrir em quem pode realmente confiar e em quem não pode.

Nick Fury segue comandando a organização, mas sua vida será colocada em risco por conta de interesses profanos de outros agentes.

Em meio a essa crise dentro da S.H.I.E.L.D. o Capitão América terá que enfrentar um novo e poderoso inimigo, o Soldado Invernal, que tem uma força sobre humana como ele próprio.
Mais um filme imperdível no qual você vibrará a todo minuto.

E lembre-se não saia assim que o filme acabar, pois logo após os créditos iniciais tem uma cena escondida e ela é muito reveladora.

Mas, mesmo depois dessa cena, não saia, pois após os créditos finais tem mais uma cena escondida. Coisas da Marvel!

Nenhum comentário:

TEL AVIV EM CHAMAS, estreia nos cinemas dia 29 de outubro de 2020 com distribuição da Pandora Filmes. Longa exibido na seleção oficial do Fe...