Nacionais "Copa de Elite" e "Julio sumiu" estreiam nas telonas do Shopping Novo Batel


Prestes a sediar a Copa do Mundo, o Brasil vê nas telonas uma série de paródias dos filmes nacionais mais importantes dos últimos tempos. Este é o enredo do filme "Copa de Elite", que estreia no Cineplex Batel nesta quinta-feira (dia 17), véspera de feriado. Outras novidades na programação são a comédia nacional "Julio sumiu", outra estreia, além de "Alabama Monroe" e "Os belos dias" filmes com pré estreia nas telonas, entre 17 e 23 de abril.

Em "Copa de Elite", o policial Jorge Capitão (Marcos Veras) é um competente capitão do BOP e um ídolo brasileiro. Só que depois dele salvar de um sequestro o maior craque argentino, às vésperas da Copa, acaba virando o inimigo público número 1 da nação. Expulso da corporação e desacreditado pelo povo, Capitão precisa reaprender a trabalhar em equipe para evitar um atentado contra o Papa na final do torneio. É quando entra em cena a empresária de sex shop Bia Alpinistinha (Julia Rabello), um médium (Bento Ribeiro) e sua mãe muito louca (Alexandre Frota).

O filme "Julio sumiu" se passa na zona sul do Rio de Janeiro. Edna (Lilia Cabral) é mãe de Julio (Pedro Nercessian) e Sílvio (Fiuk). Um dia ela acorda desesperada ao perceber que Julio simplesmente desapareceu, sem deixar pistas. Preocupada, ela vai à delegacia com Eustáquio (Dudu Sandroni), seu marido, mas eles são destratados pelo delegado adjunto J. Rui (Augusto Madeira), que estava mais interessado em conquistar a colega de trabalho Madalena (Carolina Dieckmann). Após receber na secretária eletrônica um aviso de que o filho está com Tião Demônio (Leandro Firmino), o chefão do tráfico do morro ao lado, Edna decide ir até lá negociar. Surpreendida por um tiroteio, ela acaba guardando 20 kg de cocaína para o traficante que, em troca, promete libertar Julio. O problema é que Sílvio, ao descobrir a cocaína, decide vendê-la.

Vencedor do Prêmio do Público e Melhor Ficção no Festival de Berlim em 2013, "Alabama Monroe" tem pré estreia na semana do feriado de Páscoa. Elise (Veerle Baetens) e Didier (Johan Heldenbergh) se apaixonam à primeira vista. Ele é um músico romântico e ela a realista dona de um estúdio de tatuagem. Apesar das diferenças, o relacionamento dá certo e eles têm uma filha, Maybelle (Nell Cattrysse). Aos seis anos a menina fica gravemente doente e a família se desestabiliza.

Em "Os belos dias", Caroline (Fanny Ardant) se aposenta, mas não sabe muito bem como ocupar o seu tempo. Ele pensa em viajar, pensa em conhecer novas pessoas... Até encontrar o jovem Julien (Laurent Laffite), com quem passa uma ótima tarde. Apesar da diferença de idade, os dois iniciam uma relação amorosa. Mas Caroline é casada, e seu marido Philippe (Patrick Chesnais) vai fazer o que for necessário para recuperar sua esposa.

Em cartaz
Entre os dias 17 e 23 de abril também estarão em cartaz os seguintes filmes: "A menina que roubava livros" (drama); "Ela" (comédia dramática); "A grande beleza" (drama); "Glória" (drama); "Rio 2" (animação); "Noé" (drama); "Caçadores de Obras Primas" (drama); e "Reféns da paixão" (drama).

Veja a programação completa no endereço eletrônico:
http://www.shoppingnovobatel.com.br/cinema.html

Nenhum comentário: