Crítica Filme "Rio 2"




“Rio 2” é um filme colorido, divertido e ótimo de se assistir, principalmente pela qualidade das imagens e pela possibilidade de rever seus personagens.

Falando em personagens, Blu e Jade agora têm uma família, são três divertidos filhotinhos com personalidades fortes.

Os amigos pássaros de longa data também estão lá, além do vilão Nigel que reaparece com a sapinha Gabi (super dramática) e o tamanduá Carlito (impagável).

Com um lindo e colorido número musical, a história começa e novamente o Rio está em festa, mas desta vez é o Ano Novo que desperta alegrias, muitas danças, encontros e fogos de artifício na população.

Blu e sua família vivem felizes no Rio de Janeiro junto de Túlio e Linda.
Acontece que os dois estão trabalhando na Amazônia e por acaso encontram uma pena azul que lhes mostra a possibilidade de existirem mais ararinhas azuis no Brasil.

Diante dessa descoberta eles aparecem na televisão e Jade os vê e decide que sua família precisa viajar até a Amazônia, pois seus filhos estão com hábitos muito humanos e necessitam conhecer mais a vida na floresta.

Blu reluta, mas é vencido por sua esposa. Decide viajar com GPS e outras parafernálias urbanas, o que o faz ficar um tanto perdido.

Eles iniciam uma viagem pelo interior do Brasil, mostrando um pouquinho da peculiaridade de cada região.

Mas, o grande foco é a Amazônia, e lá chegando eles se deparam com um triste cenário, o desmatamento sem medidas, que fere flora e fauna.

Muitas aventuras, reencontros e possibilidades surgirão no meio da Floresta Amazônica.
“Rio 2” é um filme divertido e infantil, mas que também vai agradar os adultos. Recomendo!

Nenhum comentário:

Canal Brasil reexibe episódios de "O Papel da Vida", conduzidos por Marina Person

“ O Papel da Vida ”, programa apresentado por Marina Person durante 2 anos no Canal Brasil, terá alguns episódios reprisados a partir de seg...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba