Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica) divulga programação oficial completa

Edição dos recordes, 25º Fica consolida representatividade internacional e leva programação variada, com novidades e parcerias inéditas. Festival acontece de 11 a 16 de junho na Cidade de Goiás

A programação oficial completa do 25º Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica) já está disponível. Ao celebrar 25 anos do festival, que será realizado entre os dias 11 e 16 de junho na Cidade de Goiás, essa edição traz uma programação vasta, com grandes novidades e parcerias inéditas. Para acessar a programação detalhada e completa, visite o site oficial do festival: https://fica.go.gov.br/.

O Fica é uma realização do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), em correalização com a Universidade Federal de Goiás (UFG), por meio da Fundação Rádio e Televisão Educativa (RTVE). O festival conta também com apoio do programa Goiás Social, das secretarias de Estado da Retomada, de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), Saneago, Universidade Estadual de Goiás (UEG), Instituto Federal de Goiás (IFG), Serviço Social do Comércio (Sesc), Prefeitura da cidade de Goiás, Grupo Kelldrin e Saga BYD.

O evento contará com uma programação variada, incluindo mostras competitivas, mostras paralelas, minicursos, oficinas, sessões especiais de filme, encontro de escolas de cinema e realizadores, homenagens, mesas de debate, fóruns, rodas de conversa, tenda multiétnica, exposições, feiras de artesanato e gastronomia, programação especial de parceiros, além da programação cultural com artistas locais, regionais e nacionais, como Sandra Sá, banda Ira! e Silva. Entre as personalidades, Paulo Teixeira, ministro do Desenvolvimento Agrário, Kátia Abreu, ex-ministra da Agricultura, o jornalista Pedro Doria e o ator Matheus Nachtergaele, são alguns dos presentes nesta edição. 

A começar pelo tema “Tecnologia, Inovação e Mudanças Climáticas”, o festival traz para o centro do debate uma discussão atual e importante sobre o papel da tecnologia para as grandes alterações sistêmicas pelas quais o meio ambiente precisa passar. O Fica está alinhado com os debates da Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP-30), que será realizada em 2025, na cidade de Belém (PA).

O 25º Fica marca a edição dos recordes. O festival consolidou sua representatividade no cenário internacional sendo a edição com o maior número de filmes internacionais inscritos de toda a história, 1.078 produções de 76 países de cinco continentes. No Brasil, 26 dos 27 estados participaram da seletiva. Esta edição do Fica foi, ainda, a que teve o maior número de mulheres diretoras, quase metade das produções são dirigidas por mulheres, um grande avanço na representatividade feminina no mercado audiovisual. 

Além disso, o Fica 2024 conta com grandes parceiros como a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), as embaixadas da Bélgica e Canadá, que estão trazendo mais arte e conhecimento para o evento, a Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai) e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). 

“A maior de todas as transformações do Fica é a quantidade de participações, não somente de goianos, mas de instituições e organizações internacionais. Então o público esse ano está muito diverso, demonstrando ainda mais a credibilidade do festival, além da quantidade de filmes que nós recebemos, que, inclusive, deu a oportunidade de abrir uma segunda sala de cinema, com a participação de indígenas com a mostra própria também, e isso mostra que o Fica, a cada ano, está tomando maiores proporções e maior credibilidade”, afirma Yara Nunes,  secretária de Cultura do Estado.

Novidades

Uma das grandes novidades desta edição é a criação da Mostra Competitiva de Cinema Indigena e Povos Tradicionais com o objetivo de fortalecer a produção audiovisual feita por pessoas que fazem parte das comunidades e territórios. Além dessa mostra, o festival conta ainda com outras três competitivas: Mostra Washington Novaes, Mostra do Cinema Goiano e Mostra Becos da Minha Terra, exclusiva para produções locais. 

Foi criada também, em parceria  com o Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), uma segunda sala de cinema, na qual serão exibidos mais filmes e será mais uma opção, além do Cine Teatro São Joaquim. 

O Fica 2024 ainda terá uma atividade exclusiva para as crianças das escolas municipais e privadas: o 1º Fórum Infantil sobre mudanças climáticas, no qual os alunos desenvolverão propostas de soluções ambientais e entregarão às autoridades durante o festival. Além disso, uma Central de Hospedagem foi criada para auxiliar o público a encontrar vagas em hotéis, pousadas e casas de aluguel. 

Shows e apresentações artísticas

Durante os seis dias do festival, a cidade de Goiás receberá uma variedade de atrações artísticas e culturais, como festejos, apresentações musicais, vocalização de poesia, apresentações de circo, hip hop, capoeira e muito mais, que serão realizadas no Palco Coreto e no Palco do Mercado Municipal. 

Na noite de sexta-feira, (14/06), a cantora Sandra Sá anima o público no palco da Praça de Eventos, seguido da banda Ira!, no sábado (15/06), e Silva encerrando a 25ª edição, no domingo (16/06).

Sessões especiais

Além de toda a programação de filmes das quatro Mostras Competitivas, o Fica leva, ainda, um vasto conteúdo de produções parceiras, como a Mostra Fiocruz, as sessões das Embaixadas da Bélgica e Canadá, o Fica Animado, Mostra de Cinema Universitário - Visões de Futuro, em parceria com a Universidade Estadual de Goiás (UEG), a sessão Mapbiomas, a Sessão Promovida pela Asssociação dos Prossionais do Audiovisual Negro (Apan), Sessão do Encontro de Cineclubes, além das sessões da Saneago, Semad e Tribunal Regional do Trabalho (TRT). 

Exposições 

O 25º Fica contará, também, com três exposições de artes visuais: no Palácio Conde dos Arcos, com obras de artistas locais e regionais; a mostra da fotógrafa e cineasta brasileira Rosa Berardo, na Casa de Memória do Judiciário; e, por fim, visitação à Casa da artista vilaboense Goiandira do Couto. Nesta edição, a artista goiana Sallisa Rosa é a  homenageada e compôs a criação do segundo cartaz oficial do festival.

Fica Sustentável 

Uma das grandes preocupações do festival é com as ações sustentáveis durante todo o evento. A coleta dos resíduos recicláveis do Fica 2024, por exemplo, será realizada pela cooperativa de catadores da cidade. Além disso, acontecerá a revitalização da área conhecida como Chapéu de Padre, com limpeza, plantio de espécies nativas do Cerrado e ações de recuperação do local, além de todo o material de divulgação do festival ter sido feito com produtos recicláveis. 

Nenhum comentário:

O Longa NINGUÉM SAI VIVO DAQUI, de André Ristum, Acaba de Ganhar Cartaz Oficial

Com roteiro inspirado no livro Holocausto Brasileiro, da jornalista Daniela Arbex, o longa NINGUÉM SAI VIVO DAQUI acompanha a jornada de Eli...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba