Em comemoração aos 70 anos de Kim Basinger, clássico que marcou os anos 80 volta aos cinemas na semana dos namorados

Depois de ficar mais de 2 anos em cartaz nos cinemas brasileiros nos anos 80, o filme NOVE E MEIA SEMANAS DE AMOR (Nine 1/2 Weeks), com direção de Adrian Lyne ("Lolita", "Atração Fatal" e "Flashdance: Em Ritmo de Embalo"), volta a ser exibido nos cinemas brasileiros, a partir do dia 06 de junho, semana dos namorados, com distribuição da A2 Filmes.

Com roteiro baseado em livro homônimo de Elizabeth McNeill, a própria autora escolheu o seu nome para a personagem principal (estrelada por Kim Basinger) e conta a história de uma mulher que trabalha em uma galeria de arte e se envolve com um homem (estrelado por Mickey Rourke) misterioso, rico e charmoso, que ela mal conhece. Mas as complicações se desenvolvem durante suas aventuras sexuais.

Além de Mickey Rourke ("O Lutador" e "Sin City: A Cidade do Pecado") e Kim Basinger ("Los Angeles: Cidade Proibida", "Batman" e "Cinquenta Tons Mais Escuros"), no elenco principal temos grandes nomes como os de Christine Baranski ("Chicago", "Mamma Mia! O Filme" e da série "A Idade Dourada"), Margaret Whitton ("Um Time Muito Louco"), David Margulies ("Ghostbusters: Os Caça-Fantasmas"), Karen Young ("Essa Estranha Atração" e "Tubarão 4: A Vingança") e Dwight Weist ("O Nome da Rosa" e "A Era do Rádio").

Lançado nos cinemas brasileiros originalmente em agosto 1986, o longa-metragem se tornou o filme com mais tempo em cartaz nos cinemas de São Paulo, ficando até fevereiro 1989, no Cine Belas Artes. Além disso, ganhou destaque na mídia e teve um boca a boca forte, pois ousava para a época, trazendo cenas de sexo livre e fantasias sexuais sadomasoquista, algo que não era comum naquela época nos cinemas.

Outro ponto alto do filme é sua trilha sonora com sucessos como "You Can Leave Your Hat On" (Joe Cocker), "Slave to Love" (Bryan Ferry), "I Do What I Do" (John Taylor), "Come to Life" (John Taylor/Ellias), "The Best Is Yet To Com" (Luba), "This City Never Sleeps" (Eurythmics), "Eurasian Eyes" (Corey Hart), "Cannes" (Stewart Copeland), "Let It Go" (Luba), "Love and Happiness" (Al Green), "The Strayaway Child" (Andy Narell), "Saviour" (Winston Grennan e Black Sage), "Strange Fruit" (Billie Holiday), "Ambient Music I: Music for Airports" (Brian Eno), "Bread and Butter" (The Newbeats), "Arpegiator" (Jean Michel Jarre) e "Voices" (Roger Eno).

NOVE E MEIA SEMANAS DE AMOR (Nine 1/2 Weeks) retornará exclusivamente nos cinemas brasileiros no dia 06 de junho, com distribuição da A2 Filmes.

Nenhum comentário:

Produzido por Sean Baker, 'Aquela Sensação que o Tempo de Fazer Algo Passou' chega aos cinemas em 27/6

Aquela Sensação Que o Tempo de Fazer Algo Passou”, filme escrito, dirigido e protagonizado por Joanna Arnow (“Chained for Life”), ganha trai...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba