Curta “para Carlos” estreia em festivais do Brasil

O curta “para Carlos”, de Carlos Cipriano, terá exibição de estreia nesta quinta (23/5), dentro da programação da Goiânia Kino Mostra, na Sala Sesc do Cine Ritz (Rua 8, Centro). Em julho, será exibido no Rio de Janeiro, dentro da Rio LGBTQIA+ - 13º Festival Internacional de Cinema. 

No ano de 2022, Carlos Cipriano, produtor audiovisual e professor de cinema do IFG participou de um curso de Realização Audiovisual na Escuela Internacional de Cine y TV de San Antonio de los Baños (EICTV), em Cuba, com recursos do Edital nº 8/2017 - Bolsas de Formação em Artes de Goiás – Fundo Cultural (Goiás).

Intitulado “Master Interzona”, o curso é voltado à formação de artistas capazes ler a superfície escorregadia do contemporâneo e fixá-la, trabalhando sozinhos ou em pequenas equipes para fazer filmes que desafiam os limites dos gêneros e adentram nas formas híbridas.

Após seis meses de oficinas e encontros virtuais, Carlos e outros dez estudantes do curso (da América Latina e Europa) foram à Cuba para fazer seus trabalhos finais na sede da EICTV. Cada estudante desenvolveu um projeto de curta para ser rodado, montado e exibido na escola, num período de seis semanas.

O curta realizado por Carlos Cipriano dentro do curso foi “para Carlos”, que terá sua exibição de estreia nesta quinta (23/5), às 19 horas, na Sala Sesc do Cine Ritz, em Goiânia. E, no início de julho, será exibido no Rio de Janeiro, sendo um dos trabalhos selecionados para a Rio LGBTQIA+ 2024 – 13º Festival Internacional de Cinema.

Segundo Carlos Cipriano, é difícil definir seu trabalho: “é um filme-carta que procura sua própria maneira de ‘adentrar nas formas híbridas’ proposta pelo curso Interzona. É uma carta para um amor perdido, mas ao mesmo tempo, uma carta a mim mesmo. Um jogo entre ficção e memória, literatura e documentário, que nasce das limitações criativas de um filme que se faz sozinho e num país desconhecido”.

O filme-carta contou com a colaboração criativa do ator cubano Leo Parlay, que interpreta o papel de Carlos no curta. E se apoia na livre apropriação da obra do escritor Kaio Bruno Dias, adaptando em sua narrativa trechos dos livros “Pequeno tratado sobre as despedidas”, “Eu sempre morro”, “De surto em surto” e “Respeite a solidão alheia”.

A sessão de exibição do curta na Goiânia Kino Mostra (https://kinomostra.com.br), junto a outros filmes goianos, começa às 19 horas, com entrada gratuita e retirada de ingresso a partir de 1h antes da sessão na bilheteria. Após a exibição, haverá um bate-papo com os realizadores.

 

Serviço:

Estreia do curta “para Carlos”, de Carlos Cipriano

Mostra Goiás – Sessão 2 – Goiânia Kino Mostra

Local: Sala Sesc do Cine Ritz (Rua 8, 501, St. Central)

Data: 23 de maio (quinta-feira)

Horário: 19 horas

Entrada franca, com retirada de ingresso a partir de 1h antes da sessão.

Nenhum comentário:

Produzido por Sean Baker, 'Aquela Sensação que o Tempo de Fazer Algo Passou' chega aos cinemas em 27/6

Aquela Sensação Que o Tempo de Fazer Algo Passou”, filme escrito, dirigido e protagonizado por Joanna Arnow (“Chained for Life”), ganha trai...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba