A Partir de 30 de Maio, CINE SATYROS BIJOU (SP) Recebe a 4a Edição do IV Cinefestival Internacional de Ecoperformance

O IV CINEFESTIVAL INTERNATIONAL DE ECOPERFORMANCE chegará ao Cine Satyros Bijou (SP) no dia 30 de maio, e até 02 de junho, exibirá 60 obras de 33 países, de gêneros como eco[po]éticas, eco-dramas, eco-documentários e eco-animações. 

O festival, posteriormente, acontece também em outras cidades ao redor do mundo: Brisbane (Austrália), Providence (EUA), Pinamar, Córdoba e Buenos Aires (Argentina), Bucareste (Romênia) e Schwerte (Alemanha).

Idealizado pela coreógrafa brasileira Maura Baiocchi e pelo diretor alemão Wolfgang Pannek e inaugurado em 2021, o CineFestival Internacional Ecoperformance é uma resposta artística aos desafios ecopolíticos do século XXI.

Na intersecção entre cinema, artes cênicas e ecologia, o evento promove filmes de artistas interdisciplinares consagrados e emergentes que investigam as tensões entre meio ambiente, corpo e ancestralidade em paisagens naturais, urbanas e virtuais. 

O festival incentiva filmes em busca de uma cinematografia menos antropocêntrica e que abordam temas chaves da atualidade como mudança climática, devastação ambiental, crise migratória e repressão social.

Desde a sua inauguração, o festival é realizado pela Taanteatro Companhia, fundada e sediada em São Paulo em 1991 e formada por Maura Baiocchi, Wolfgang Pannek, Mônica Cristina Bernardes e Jorge Ndlozy.  

“As abordagens ao complexo ambiente-corpo-ancestralidade-memória variam muito. Ainda prevalece a narrativa antropos, ou seja, a tendência ao domínio da cena por um protagonista humano; muitas vezes em detrimento da performatividade ambiental como um todo. Preferimos obras que primam por uma SimbioCena, ou seja, uma cena em que a figura humana deixa de protagonizar em favor da interação entre todos os elementos e agentes performativos de um meio ambiente no mesmo plano de importância. Não é uma tarefa fácil, mas vivenciamos um crescimento no entendimento sobre o enfoque conceitual do festival”, explica Maura. 

Os curtas selecionados serão exibidos em 6 sessões diferentes ao longo dos quatro dias de festival, que conta com produções de países como Brasil, Congo, Itália, Irã, Estônia, EUA, Inglaterra e Mongólia. 


IV CINEFESTIVAL INTERNATIONAL DE ECOPERFORMANCE

De 30 de maio a 02 de junho

Local: Cine Satyros Bijou (Praça Franklin Roosevelt, 172 – Consolação)


Sobre Maura Baiocchi

A coreógrafa, dançarina, diretora e atriz brasileira Maura Baiocchi é a diretora fundadora diretora da Taanteatro Companhia (1991) e do CineFestival Internacional de Ecoperformance (2021). Autora-encenadora premiada de mais de oitenta espetáculos e criadora do teatro coreográfico das tensões, Baiocchi escreveu vários livros sobre a sua abordagem teatro-coreográfica, incluindo Choreographic Theatre of Tensions: Forces & Forms (2020). Baiocchi apresentou seu trabalho na Argentina, Bélgica, França, Alemanha, Grã-Bretanha, Japão, Moçambique, Rússia e Estados Unidos. Atuou em longa e curta-metragens brasileiros. Ensinou artes cênicas na Universidade Nacional de Brasília e é mestre em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC.

Sobre Wolfgang Pannek

O autor, diretor, performer, produtor e editor alemão Wolfgang Pannek, é codiretor da  Taanteatro Companhia e diretor de produção do CineFestival Internacional de Ecoperformance. Mudou-se para São Paulo em 1992 onde dirige produções cênicas da Taanteatro e coordena projetos artísticos e acadêmicos internacionais. Desde 2020, dirige projetos cinematográficos, entre os quais O Teatro e a Peste de Antonin Artaud (2020), Apokálypsis (2021) e Expedição Ecoperformance (2022). Juntamente com Baiocchi, Pannek é autor de livros sobre o Taanteatro. Atuou em séries e filmes produzidos pela HBO Brasil, TV Globo, Amazon Prime e Star+. Possui mestrado em Filosofia, Psicologia e Literatura pela FernUniversität Hagen, Alemanha.

Nenhum comentário:

Canal Brasil reexibe episódios de "O Papel da Vida", conduzidos por Marina Person

“ O Papel da Vida ”, programa apresentado por Marina Person durante 2 anos no Canal Brasil, terá alguns episódios reprisados a partir de seg...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba