Cinebiografia de Ney Matogrosso começa a ser filmada em São Paulo e no Rio de Janeiro

 


Ney Matogrosso terá sua história contada no cinema. Protagonizado por Jesuíta Barbosa (“Tatuagem” e “Praia do Futuro”), o longa “Homem com H” começou a ser rodado esta semana e terá filmagens com locações em São Paulo e no Rio de Janeiro. Ao todo, serão seis semanas de filmagens. Com direção e roteiro de Esmir Filho, o filme é uma produção da Paris Entretenimento e conta com a distribuição da Paris Filmes

 

Homem com H” acompanha a trajetória de Ney Pereira da Silva e sua transformação em Ney Matogrosso. De forma sensível, o roteiro mostra a relação de Ney, sempre transgressor, com os principais fatos de sua vida e revela como cada fase contribuiu para a construção de sua potente persona artística. Na infância e adolescência, Ney morava com os pais e irmãos na pequena cidade de Bela Vista (MS) e tinha questões desafiadoras com o pai. “Toda a repressão que ele sofreu do pai fez aflorar esse ser livre. Ele diz que tudo o que fez foi para confrontar o pai. O Ney veio para mostrar que a gente não precisa ficar preso a uma coreografia de gênero”, diz o diretor e roteirista Esmir Filho.

 

"Homem com H" retrata suas descobertas, o sucesso meteórico dos ‘Secos e Molhados’ em plena ditadura militar (quando adota o nome artístico Ney Matogrosso, acolhendo o sobrenome do pai), o encontro com Cazuza (Jullio Reis), um de seus grandes amores, e a coragem de partir para a carreira solo, com performances e atitude ainda mais provocantes. Também integram o elenco Bruno Montaleone (Marco de Maria), Romulo Braga (Antonio, pai de Ney), Hermila Guedes (Beita, mãe de Ney), Mauro Soares (João Ricardo), Jeff Lyrio (Gerson), Carol Abras (Lara), Lara Tremoroux (Regina), entre outros. 

 

A trajetória de Ney confunde-se com a história de um Brasil cercado pela opressão, mas que aspira à liberdade. Com sua alma livre, atitude desafiadora e comportamento que chocava os conservadores, Ney Matogrosso firmou-se não só como um dos maiores artistas brasileiros, mas como uma personalidade que inspira libertação, independência e afeto. 

 

Elenco:

Jesuíta Barbosa, Jullio Reis, Bruno Montaleone, Rômulo Braga, Mauro Soares, Jeff Lyrio

 

Participação especial:

Lara Tremouroux, Carol Abras, Hermila Guedes

 

Ficha Técnica:

Direção: Esmir Filho

Roteiro: Esmir Filho

Produtores: Márcio Fraccaroli, André Fraccaroli, Veronica Stumpf

Produtores Associados: Rodrigo Castellar

Produtora: Paris Entretenimento

Distribuidora: Paris Filmes

 

Nenhum comentário:

Crítica Filme "Guerra Civil" por Rita Vaz

Estreia nesta quinta-feira o filme “Guerra Civil” dirigido pelo cineasta Alex Garland (“Ex-Machina”, “Men – Faces do Medo”). O longa, apre...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba