Canal Brasil faz mostra em homenagem ao ator Marco Nanini no mês que marca a estreia da série "João Sem Deus"


Marco Nanini vive um momento importante na sua carreira e, como forma de comemoração, o Canal Brasil vai fazer uma mostra especial com a exibição de oito longas estrelados pelo ator, um deles inédito, além da estreia da série "João Sem Deus - Os Últimos Dias de Abadiânia", original do Canal Brasil em coprodução com Ventre Studio, Coral Europa e TVI. A série é dirigida por Marina Person e tem o ator no papel do médium João de Deus. Também faz parte da homenagem o inédito "As Cadeiras", de Fernando Libonati, além de "A Grande Família - O Filme", "O Auto da Compadecida", "A Suprema Felicidade", "O Xangô de Baker Street", "Greta", "Carlota Joaquina, Princesa do Brazil" e "Amor & Cia". 

Para abrir a programação, na sexta, dia 6, às 19h45, o longa "As Cadeiras" é uma adaptação de um formato teatral para o audiovisual. O filme traz um casal idoso e sua forma de lidar com sentimentos, representados pelo isolamento, a solidão, o tédio e uma busca para entender a humanidade. Os longas serão exibidos nos dias 6, 7, 8, 13, 14 e 15 de outubro e a série inédita "João Sem Deus - Os Últimos Dias de Abadiânia" nos dias 13, 14 e 15, às 21h50. Os episódios também ficam disponíveis no Globoplay + Canais a partir da estreia.

"É um caso muito pesado, mas a Marina Person, que é uma diretora muito boa e gente fina também, foi muito arguta e eu fiquei também à vontade, embora eu falasse com ela ‘Olha, eu não vou imitar o João de Deus, eu vou fazer uma imagem, mas não vou imitá-lo’", contou o ator, sobre a interpretação de João de Deus, em entrevista recente ao Cinejornal, no Canal Brasil.

As Cadeiras (2021) (67’)
INÉDITO
Horário: Sexta, 6/10, às 19h45
Classificação: Livre
Direção: Fernando Libonati

Sinopse: O filme, com Marco Nanini e Camila Amado, o último trabalho da atriz, distingue-se de outras adaptações teatrais por transpor, com auxílio da montagem e da fotografia, as características do teatro para formato audiovisual.

O Auto da Compadecida (2000) (95’)
Horário: Sábado, 07/10, às 19h45
Direção: Guel Arraes

Sinopse: As aventuras dos nordestinos João Grilo (Matheus Natchtergaele), um sertanejo pobre e mentiroso, e Chicó (Selton Mello), o mais covarde dos homens. Ambos lutam pelo pão de cada dia e atravessam por vários episódios enganando a todos do pequeno vilarejo de Taperoá, no sertão da Paraíba. A salvação da dupla acontece com a aparição da Nossa Senhora (Fernanda Montenegro). Adaptação da obra de Ariano Suassuna.

A Grande Família - O Filme (2007) (104’)
Horário: Domingo, 08/10, às 19h45
Classificação: 10 anos
Direção: Maurício Farias

Sinopse: Lineu (Marco Nanini) sente-se mal após acompanhar o enterro de um colega de trabalho. Atordoado com a morte repentina do amigo, ele decide ir ao médico para fazer exames de rotina e, depois de uma tomografia, os especialistas acusam a existência de uma mancha escura em seu peito. Com medo de abrir o laudo do diagnóstico final, ele prefere não tomar conhecimento do resultado do teste clínico e sai do consultório certo de estar vivendo seus últimos dias. O fiscal sanitário decide esconder seu suposto fim iminente de sua esposa, Nenê (Marieta Severo), e desiste de ir ao baile que frequentam há 40 anos, quando começaram a namorar. Sua atitude, no entanto, gera grande insatisfação em sua cônjuge, e ela provoca o marido convidando Carlinhos (Paulo Betti), seu ex-namorado, para ocupar seu lugar na tradicional noite.

A Suprema Felicidade (2010) (120’)
Horário: Domingo, 13/10, às 19h45
Classificação: 16 anos
Direção: Arnaldo Jabor

Sinopse: Paulo assiste à comemoração do fim da 2ª Guerra Mundial com seu pai, Marco, piloto da Força Aérea. A relação entre Paulo e seu pai se torna distante, mas é compensada pelo companheirismo de seu inseparável amigo, Cabeção.

O Xangô de Baker Street (2001) (120')
Horário: Sábado, 14/10, às 19h45
Classificação: 14 anos
Direção: Miguel Faria Jr.

Sinopse: Rio de Janeiro, 1886. A atriz Sarah Bernhardt se apresenta no Teatro Municipal da cidade, cativando o público local, fascinado pela cultura francesa. A cidade está a seus pés, e até o imperador Dom Pedro II vem prestar sua homenagem.

Greta (2019) (97')
Horário: Sábado, 14/10, às 22h50
Classificação: 18 anos
Direção: Armando Praça

Sinopse: Pedro, um enfermeiro gay de 70 anos, cuida de Daniela, sua amiga trans. Para encontrar uma cama vazia no hospital, ele decide ajudar um criminoso preso e ferido a escapar.

Carlota Joaquina, Princesa do Brazil (1995) (100')
Horário: Domingo, 15/10, às 19h45
Classificação: 12 anos
Direção: Carla Camurati

Sinopse: Uma história satírica do Brasil no século 18, narrando as aventuras de uma mulher sensual que manca e tem um bigode.

Amor & Cia (1998) (100')
Horário: Domingo, 15/10, às 22h50
Classificação: 14 anos
Direção: Helvécio Ratton

Sinopse: Alves resolve fazer uma surpresa para a esposa de aniversário de casamento, e ao chegar em casa, a vê na sala, em posição suspeita, com seu sócio. Furioso, manda a mulher de volta para a casa do pai e quer desafiar o sócio para um duelo.

Série: João sem Deus, A Queda de Abadiânia (2023) (3x50')
INÉDITO
Horário: Sexta, 13/10, às 21h50; Sábado, 14/10, às 21h50 e domingo, 15/10, às 21h50
Direção: Marina Person

Sinopse: A vida de duas irmãs muda completamente quando elas cruzam o caminho de João de Deus, famoso líder místico que atrai milhares de pessoas a Abadiânia em busca de cura. Dezessete anos depois, durante a semana que antecede a queda e prisão do “maior curador do Brasil”, acusado de cometer centenas de abusos sexuais ao longo de décadas, Cecília, a irmã traumatizada que foi morar em Lisboa, retorna a Abadiânia para resgatar Carmem, agora leal funcionária de João. O reencontro das irmãs – cada uma de um lado da história – se sobrepõe à queda do império de João de Deus.

Nenhum comentário:

Festival de Cinema Brasileiro de Paris anuncia programação completa de sua 26ª edição

"Nas Ondas de Dorival Caymmi", "Barravento", "Nosso Sonho" e "Meu Nome É Gal".  O Festival de Cinema...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba