Sophie Charlotte e Juan Paiva são os convidados do novo episódio do 'Traz a Pipoca'

Juan Paiva, Sophie Charlotte, Moisés Liporage e Renata Boldrini na gravação do ‘Traz a Pipoca’. Foto: divulgação/Telecine

O novo episódio do 'Traz a Pipoca', podcast de cinema do Telecine, recebe Sophie Charlotte e Juan Paiva para uma conversa sobre filmes biográficos. Os atores falaram principalmente de suas experiências como intérpretes de Gal Costa e Buchecha nos aguardados 'Meu Nome É Gal' e 'Nosso Sonho’, ambos coproduções Telecine. O episódio fica disponível a partir de 21 de setembro, no YouTube do Telecine, na plataforma Globoplay e no Spotify.  

No papo, Sophie e Juan brincaram sobre o "desespero" de interpretar figuras tão emblemáticas da cultura brasileira. "Claro que existe a expectativa e o frio na barriga, mas me acalma um pouco saber que filmes como 'Nosso Sonho', 'Mussum' e 'Mamonas Assassinas' estão chegando aos cinemas”, declarou Sophie. "Fora esses, ainda temos obras como 'Tim Maia' e 'Cazuza', que iluminaram o caminho e trazem um pouco de alívio para que a gente possa se entregar aos papéis", completou Juan. 

A dupla contou ainda como foi o encontro com as personalidades retratadas. "Assim que eu soube que fiquei com o papel, passei a frequentar todos os shows da Gal. Encontrava com ela no camarim, saíamos para jantar. Ela sempre foi muito amorosa e chegou a ouvir as primeiras gravações das músicas para o filme. Foram encontros pontuais, mas muito fortes, e eu nunca quis fazer perguntas ou entrevistá-la, só queria estar na presença dela”, relatou Sophie.  

A atriz relembrou, ainda, a primeira vez que viu Gal, nos bastidores da novela ‘Babilônia’, da Globo, na qual a cantora fez uma breve participação. “Eu estava gravando a novela com o Bruno Gagliasso e a gente sempre trocava muita ideia, só que, nesse dia, eu disse: ‘Bruno, hoje você não fala comigo, Gal Costa está aqui’. Eu nem piscava!”, contou, em tom descontraído.  

Juan também relembrou o momento em que conheceu o cantor Buchecha. “Marcamos um primeiro encontro na casa do Buchecha, e o que me chamou atenção foi que ele poderia ter feito isso em qualquer outro lugar, mas fez na casa dele. Isso me diz que ele queria que a gente se aproximasse da vida dele. Lá, conheci a esposa e os filhos dele e hoje temos muito contato, eu e o Ceejay [filho de Buchecha] fizemos até música no set, na brincadeira. Isso me deixou mais tranquilo e com muita vontade de viver a vida desse cara”, destacou o ator.  

'Nosso Sonho' estreia nos cinemas brasileiros no dia 21 de setembro e tem produção da Urca Filmes, coprodução com a Riofilme, Telecine e Warner Bros Distributing, com apoio da Globo Filmes e com investimentos do Fundo Setorial do Audiovisual e BBDTVM. A distribuição nacional é da Manequim Filmes.

'Meu Nome É Gal' chega às telonas no dia 12 de outubro, tem produção da Paris Entretenimento e Dramática Filmes, em coprodução com Globo Filmes, Telecine e California Filmes. A distribuição é da Paris Filmes, com codistribuição da SPCine e da Secretaria Municipal da Cultura. 

Traz a Pipoca

Data: 21 de setembro

Apresentação: Moisés Liporage e Renata Boldrini

Convidados: Sophie Charlotte e Juan Paiva

Tema episódio #8: Filmes Biográficos

Onde ouvir: YouTube do Telecine, Globoplay e Spotify

Nenhum comentário:

Festival de Cinema Brasileiro de Paris anuncia programação completa de sua 26ª edição

"Nas Ondas de Dorival Caymmi", "Barravento", "Nosso Sonho" e "Meu Nome É Gal".  O Festival de Cinema...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba