Juan Paiva e Lucas Penteado cantam o hit “Só Love” em trecho inédito de ‘Nosso Sonho’

“Nosso Sonho”, a história de Claudinho e Buchecha para os cinemas, acaba de ganhar nova cena divulgada pela distribuidora Manequim Filmes. 

No trecho, Juan Paiva e Lucas Penteado dão voz ao hit “Só Love”, um dos maiores sucessos da dupla de funk melody. Quem também tem destaque no clipe é a personagem Rosana, esposa de Buchecha, interpretada por Lellê, que acompanha do Brasil todos os cartões-postais dos lugares visitados pelos músicos em turnê. 

Produzido por Leonardo Edde, o longa da Urca Filmes estreia nos cinemas do país hoje 21 de setembro. Assista ao trecho aqui.

Dirigido por Eduardo Albergaria (“Happy Hour - Verdades e Consequências”), “Nosso Sonho” é uma produção da Urca Filmes, em coprodução com a Riofilme, Telecine e Warner Bros Distributing, com apoio da Globo Filmes e com investimentos do Fundo Setorial do Audiovisual e BBDTVM. A distribuição é da Manequim Filmes. 

O elenco conta com nomes como Tatiana Tiburcio e Nando Cunha, que interpretam Dona Etelma e Souza, os pais do Buchecha; Lellê e Clara Moneke, como Rosana e Vanessa, as namoradas dos músicos. Vinicius Boca de 09 e Gustavo Coelho interpretam Claudinho e Buchecha na infância, respectivamente. O filme conta com participações especiais de Antonio Pitanga, como Seu Américo, Isabela Garcia, como Dona Judite, Negão da BL, como um DJ do baile, e FP do Trem Bala e Gabriel do Borel, como a dupla Cidinha e Doca, e ainda Flávia Souza e Reinaldo Júnior.

“Nosso Sonho” teve sua estreia internacional em 16 de setembro, no Inffinito Brazilian Film Festival. O próximo evento marcado para a exibição do filme é o Los Angeles Brazilian Film Festival, que acontece de 23 a 26 de outubro. 


Sinopse oficial:

“Nosso Sonho” é uma cinebiografia de “Claudinho e Buchecha”, dupla de maior sucesso do funk melody nacional de todos os tempos e ícone máximo do gênero na música brasileira.

A história de uma amizade que se transforma em força de superação e conquista. Um filme que mostra como o ritmo e a poesia da periferia conquistaram o Brasil. Uma história real repleta de fantasia. Um musical, emocionante e divertido, feito de drama e tragédias, mas também de humor, surpresas e redenção.

Nenhum comentário:

Crítica Filme "Ferrari" por Rita Vaz

Estreia nesta quinta-feira o filme “Ferrari” dirigido pelo cineasta Michael Mann, que também já dirigiu grandes produções, como “O Último do...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba