Filmes distribuídos pela Elo Studios somam seis prêmios em uma semana

O drama “Tia Virgínia” levou cinco Kikitos no 51º Festival de Cinema de Gramado e a ficção distópica, “Medida Provisória”, recebeu o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante, com Adriana Esteves, no Grande Prêmio de Cinema Brasileiro.
 
                                                                 Cartaz “Tia Virgínia” | Distribuição Elo Studios

 
No último dia 19/08, foi encerrado o 51º Festival de Cinema de Gramado, evento que apresentou grandes apostas e premiou títulos escolhidos por um júri especialista. Entre os grandes vencedores está “Tia Virgínia”, drama dirigido por Fabio Meira com Vera Holtz, Arlete Salles e Louise Cardoso, distribuído pela Elo Studios. O longa-metragem recebeu cinco Kikitos de Melhor Atriz (Vera Holtz), Melhor Roteiro (Fabio Meira), Melhor Direção de Arte (Ana Mara Abreu), Melhor Desenho de Som (Ruben Valdés), Melhor Filme pelo júri da crítica e uma menção honrosa para Vera Valdez. 

Na trama, produzida por Roseira Filmes e Kinossaurus, Virgínia (Vera Holtz), uma mulher de 70 anos, que nunca se casou ou teve filhos, é convencida pelas irmãs Vanda (Arlete Salles) e Valquíria (Louise Cardoso), a se mudar de cidade para cuidar da mãe idosa. O filme se passa em um único dia, enquanto Virgínia prepara a casa da família para receber as irmãs para a ceia de Natal. 

Outro filme distribuído pela Elo Studios, “Medida Provisória”, primeiro longa de ficção de Lázaro Ramos, foi premiado no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, evento realizado na última quarta-feira (23/08), na Cidade das Artes (RJ). Adriana Esteves recebeu o troféu de Melhor Atriz Coadjuvante por interpretar a antagonista Isabel, uma agente do Estado incumbida de executar a medida provisória que obriga os cidadãos negros a se mudar para a África na intenção de retomar as suas origens. 

Lançado em abril de 2022, o filme debate questões sociais e mistura drama e thriller. O roteiro é baseado no sucesso teatral brasileiro “Namíbia, Não!”, de Aldri Anunciação – que também integra o elenco como ator. Escrito originalmente em 2011, Lázaro se apaixonou pelo texto e o adaptou para o cinema em 2015, sendo ele filmado em 2019 em diversas locações na cidade do Rio de Janeiro.
 

Sobre a Elo Studios

A ELO STUDIOS é um estúdio audiovisual que desenvolve, produz, e comercializa narrativas brasileiras em múltiplas plataformas e países. Especializada em inovação e entretenimento de impacto, desde 2005 distribuiu mais de 500 títulos incluindo filmes de mais de 1 milhão de espectadores no Brasil à premiados internacionalmente (indicação ao Oscar como O Menino e o Mundo) e distribuídos em mais de 100 países.

Focada em conectar ideias, criadores e talentos, a ELO STUDIOS possui um forte line up de produções originais, além de desenvolver e produzir o conteúdo certo para cada mídia. Como resultado de significativo investimento e parcerias, a ELO STUDIOS está trabalhando em 20 produções próprias para os próximos três anos, sendo nove delas já confirmadas com parceiros.

A ELO STUDIOS lançou em 2022 o filme “Medida Provisória”, de Lázaro Ramos, sendo o maior sucesso nacional do ano, em número de semanas em cartaz, e segundo em público. A empresa também é responsável pela incubadora de projetos com diretoras - SELO ELAS - e outras iniciativas que valorizam a diversidade de estórias na frente e atrás das telas.

Em 2023 irá distribuir mais de 14 lançamentos nos cinemas, incluindo “Depois da Saideira”, (comédia estrelada por Thati Lopes e produzida pela Glaz), “De Repente Miss” (co-distribuição ELO STUDIOS e Sony Pictures, com Fabiana Karla e Giulia Benite no elenco), “Madame Durocher” (com Mateus Solano, e as premiadas Marie-Josée Croze e Sandra Corveloni), e “Viva a Vida” (dirigido por Cris D'amato em Israel, e estrelado por Thati Lopes e Rodrigo Simas).

Fundada há 17 anos por Sabrina N Wagon, Ruben Feffer e Flávia Feffer, a ELO STUDIOS pretende inovar a cada ano, e levar diversas produções nacionais a um número cada vez maior de pessoas, tanto no Brasil, como no mundo.

Nenhum comentário:

Festival de Cinema Brasileiro de Paris anuncia programação completa de sua 26ª edição

"Nas Ondas de Dorival Caymmi", "Barravento", "Nosso Sonho" e "Meu Nome É Gal".  O Festival de Cinema...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba