"ESCREVENDO COM FOGO”, DOCUMENTÁRIO INDICADO AO OSCAR EM 2022, ENTRA EM CARTAZ NA PLATAFORMA SESC DIGITAL

O Sesc Digital anuncia as estreias da semana que estarão disponíveis para todo o Brasil, gratuitamente, a partir de 24 de agosto em sescsp.org.br/cinesesc ou sescsp.org.br/cinemaemcasa

 

De 24/08 a 10/09 um recorte da programação do 34ª Kinoforum - Festival Internacional de curta-metragens de São Paulo ficará disponível na plataforma Sesc Digital em sescsp.org.br/curtakinoforum



"Escrevendo com Fogo", de Rintu Thomas e Sushmit Ghosh

Lançada pelo CineSesc em junho de 2020, a série Cinema #EmCasaComSesc já exibiu gratuitamente mais de mil títulos, entre longas e curtas-metragens, nacionais e estrangeiros, recebeu mostras e festivais e levou mais de 14 milhões de espectadores à plataforma Sesc Digital. A partir desta quinta-feira, dia 24 de agosto, três novos títulos estreiam no catálogo.

 

Indicado ao Oscar de Melhor Documentário em 2022, o longa indiano “Escrevendo com Fogo” (2021) narra a inspiradora trajetória de um grupo de mulheres indianas que, há duas décadas, desafiam tradições ao manterem um jornal independente enfrentando desigualdades de gênero. 

 

Dois documentários brasileiros dirigidos por mulheres entram na plataforma: “Gyuri” (2019), de Mariana Lacerda, acompanha a premiada fotógtafa Claudia Andujar, sobrevivente do Holocausto, que encontrou um novo propósito no Brasil, dedicando sua vida à proteção dos povos Yanomami. O filme nos leva por uma viagem emocional e geográfica, explorando as conexões entre vidas e terras aparentemente distantes; Já “Leite e Ferro” (2011), de Cláudia Priscila, mergulha no cotidiano das prisioneiras de um Centro de Atendimento Hospitalar à Mulher Presa (CAHMP), por meio de depoimentos corajosos das detentas. 

 

Por fim, "Brainwashed: Sex-Camera-Power"(2022), dirigido por Nina Menkes, é uma jornada pela política de gênero na indústria cinematográfica, a partir da análise de cenas dos filmes. Com mais de 175 clipes de filmes e entrevistas com cineastas e acadêmicos, o documentário lança luz sobre a misoginia e o paternalismo que têm permeado a história do cinema. Desde os primórdios até os dias de hoje.

Nenhum comentário:

Festival de Cinema Brasileiro de Paris anuncia programação completa de sua 26ª edição

"Nas Ondas de Dorival Caymmi", "Barravento", "Nosso Sonho" e "Meu Nome É Gal".  O Festival de Cinema...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba