Canal Brasil exibe mostra em homenagem ao Dia Nacional da Visibilidade Lésbica

 





O Dia Nacional da Visibilidade Lésbica é celebrado no dia 29 de agosto e o Canal Brasil vai exibir uma programação especial na data, que é um marco importante na luta pelos direitos das mulheres homossexuais. A mostra tem início na madrugada de segunda, 28, para terça, 29, à 0h, com o curta "Uma Paciência Selvagem Me Trouxe Até Aqui". Na sequência, vão ao ar "Flores Raras" e "Amor Maldito", e, às 13h30, será exibido o longa "Entre Irmãs". Todas as produções selecionadas trazem relacionamentos entre mulheres como um de seus temas principais.

 

"Uma Paciência Selvagem Me Trouxe Até Aqui", de Érica Samet, marca a estreia de Zélia Duncan como protagonista. A cantora interpreta Vange que, cansada de estar sozinha, vai pela primeira vez a uma festa lésbica e conhece quatro jovens em um encontro entre duas gerações, uma delas com muito mais liberdade. Em "Flores Raras", Glória Pires e Miranda Otto vivem a arquiteta brasileira Lota de Macedo Soares e a poeta americana Elizabeth Bishop. Dirigido por Bruno Barreto, o longa conta a trágica história de amor entre as duas e é baseado em fatos reais. 

 

"Amor Maldito", de Adélia Sampaio, é o primeiro longa-metragem brasileiro dirigido por uma mulher negra. O filme acompanha o relacionamento entre a executiva Fernanda e a ex-miss Sueli, que começa a ter problemas quando uma delas se envolve com um jornalista. Para encerrar a mostra, "Entre Irmãs", de Breno Silveira, conta a história das irmãs Luzia, papel de Nanda Costa, que é levada para um bando de cangaceiros, e Emília, interpretada por Marjorie Estiano, que vai para a cidade grande e vive um romance com Lindalva, personagem de Letícia Colin. 

 

 

Mostra Dia Nacional da Visibilidade Lésbica

Horário: Madrugada de segunda (28/08) para terça (29/09), a partir de 0h05;e terça, às 13h30

 

Uma Paciência Selvagem me Trouxe Até Aqui (2021) (25’)

Horário: Madrugada de segunda (28/08) para terça (29/09), à 0h05

Classificação: 18 anos

Direção: Érica Sarmet

Sinopse: Cansada da solidão, a motoqueira Vange (Zélia Duncan) decide atravessar a ponte Rio-Niterói até uma festa lésbica, onde conhece quatro jovens que compartilham entre si o lar e os afetos. Um encontro de gerações; uma homenagem às que nos trouxeram até aqui.

 

Flores Raras (2013) (118’)

Horário: Madrugada de segunda (28/08) para terça (29/09), à 0h30

Classificação: 14 anos

Direção: Bruno Barreto

Sinopse: Crônica da trágica história de amor entre a poeta americana Elizabeth Bishop e a arquiteta brasileira Lota de Macedo Soares.

 

Amor Maldito (1984) (76’)

Horário: Madrugada de segunda (28/08) para terça (29/09), às 2h25

Classificação: 18 anos

Direção: Adélia Sampaio

Sinopse: Duas jovens mulheres de diferentes classes sociais vivem um relacionamento. Porém, os problemas começam quando uma delas também se envolve com um jornalista. 

 

Entre Irmãs (2017) (223')

Horário: Terça, 29/09, às 13h30

Classificação: 14 anos

Direção: Breno Silveira

Sinopse: Duas irmãs separadas pelo destino enfrentam preconceito e sexismo, uma pela alta sociedade e a outra por um grupo de renegados. Apesar da distância, elas sabem que podem contar uma com a outra e ambas se afirmarão de forma surpreendente.

Nenhum comentário:

Festival de Cinema Brasileiro de Paris anuncia programação completa de sua 26ª edição

"Nas Ondas de Dorival Caymmi", "Barravento", "Nosso Sonho" e "Meu Nome É Gal".  O Festival de Cinema...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba