Em homenagem ao Dia Internacional do Orgulho LGBTQIAPN+ Canal Brasil exibe programação especial


No dia 28 de junho é comemorado o Dia Internacional do Orgulho LGBTQIAPN+ e o Canal Brasil preparou uma programação especial que visa dar ainda mais espaço para o tema, refletido nas lentes dos cineastas brasileiros premiados em todo o mundo. De 28 de junho a 1º de julho, a mostra contemplará títulos importantes do cinema, com treze longas e seis curta-metragens, entre ficções e documentários. Além disso, três séries serão exibidas na programação.

"Tinta Bruta", dos gaúchos Filipe Matzembacher e Marcio Reolon, longa premiado com o Teddy Award no Festival de Berlim, abre a mostra na madrugada de terça para quarta (28), à 0h45. No mesmo dia, às 16h30, será exibido o documentário "As Cores do Divino", filme de Victor Costa Lopes sobre fé, sexualidade e preconceito; seguido por "Cazuza - O Tempo Não Pára", de Sandra Werneck e Walter Carvalho, com o roteiro baseado na vida do cantor e compositor. Na mesma data, às 21h20, será transmitida a maratona da série "Toda Forma de Amor", dirigida por Bruno Barreto e estrelada por Gabrielle Joie e Rômulo Arantes Neto.

No dia seguinte, faz sua estreia no canal o longa "O Baile dos 41", de David Pablos, que entra na mostra seguido do premiado documentário "Divinas Divas", dirigido por Leandra Leal, que documenta a primeira geração de artistas travestis do Brasil; além de "Coroando", de Paulo Castro, e "Raia 4", com direção de Emiliano Cunha. Na faixa Curta na Tela, os curtas "Bonde", "Guaxuma", "Quebramar", "Alfazema" e "Uma Paciência Selvagem Me Trouxe Até Aqui" compõem a programação especial. No mesmo dia, às 22h50, será exibido o longa "Flores Raras", dirigido por Bruno Barreto e estrelado por Glória Pires.

Na madrugada de quinta para sexta-feira (30), à 0h45, a programação traz o premiado "As Boas Maneiras", de Juliana Rojas e Marco Dutra, estrelado por Marjorie Estiano, vencedor do Prêmio do Júri no Festival de Locarno. Também serão exibidos "Eu, Um Outro", de Sílvia Godinho, "Alice Júnior", de Gil Baroni, e a maratona da série documental "Transgente", de Adriana L. Dutra e Malu de Martino No mesmo dia, também integram a programação o curta "Tea For Two", de Julia Katharine, o longa "Bixa Travesty", de Claudia Priscilla e Kiko Goifman, protagonizado por Linn da Quebrada, e dois episódios da série "Nós". Para fechar a mostra, na madrugada de sexta para sábado (1º), à 0h45, "Os Primeiros Soldados", longa de Rodrigo Oliveira e estrelado por Johnny Massaro, traz a história de integrantes da comunidade LGBTQIAPN+ que buscam formas de resistir à epidemia de AIDS nos anos 1980.

Nenhum comentário:

Festival de Cinema Brasileiro de Paris anuncia programação completa de sua 26ª edição

"Nas Ondas de Dorival Caymmi", "Barravento", "Nosso Sonho" e "Meu Nome É Gal".  O Festival de Cinema...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba