PREMIADO EM TIRADENTES, NOVO FILME DA SESSÃO VITRINE, SEGUINDO TODOS OS PROTOCOLOS, GANHA NOVA DATA DE ESTREIA, DIA 30 DE JUNHO


Foi da solidão do isolamento social na fase mais aguda da pandemia que nasceu o filme SEGUINDO TODOS OS PROTOCOLOS, primeiro longa solo que o recifense Fábio Leal dirige. Mas o filme vai além de ser apenas sobre o momento da Covid-19. “É também outras ‘solidões’ contemporâneas. Para isso eu resolvi trazer dois personagens do meu último curta metragem, ‘Reforma’. Não é exatamente uma continuação do curta pois não é necessário tê-lo visto para ver o longa, mas o protagonista e seu ‘par romântico’, digamos assim, são os mesmos.” O longa faz parte da edição de 2022 da Sessão Vitrine, e chega aos cinemas em 30 de junho. Antes disso, será exibido no 11o Olhar de Cinema, que acontece entre 01 e 09 de junho. 

Ganhador do Prêmio Helena Ignez, no Festival de Tiradentes de 2022, o filme tem como protagonista Chico, um personagem interpretado também por Leal, que, sozinho em seu apartamento, vê os dias passando, com marasmo e ansiedade em um momento de recrudescimento da pandemia. Em sua solidão, é cada vez mais tomado pelo desejo do contato humano, e, em especial, do sexo. Disso, nascem formas alternativas de reencontros, e a procura de uma maneira de tocarmos uns aos outros com segurança. 

“Foi muito tempo sozinho com medo da morte, medo do desgoverno brasileiro, medo do encontro com o outro. Achei que uma boa forma de enfrentar esses medos todos seria fazendo um filme e tentando achar formas de distensionar através da ficção e da comédia.”

Leal explica que as cenas de intimidade entre os personagens foram filmadas com respeito e delicadeza respeitando a maneira como cada um lida com seu corpo. “Procuro desde a primeiríssima conversa com os atores deixar muito claro o que eu quero com cada cena, a forma como eu filmo, saber os limites de cada um. E a partir disso criar um ambiente de ensaio em que eles se sintam seguros inclusive pra mudar de ideia, voltar atrás. Desde o meu primeiro curta eu me interesso muito por filmar cenas de sexo. Ir além do que geralmente se filma no cinema narrativo tradicional. Sexo é drama também.”

Leal, que já fez curtas, como “O Porteiro do Dia”, explica que não sentiu um peso grande ao dirigir seu primeiro longa sozinho – ele já fez “Deus tem AIDS” (codirigido por Gustavo Vinagre) e o coletivo “Furious Desires”. “Foi um desdobramento natural. Acho que já tinha tanta tensão pelo momento em que estávamos da pandemia, o orçamento restrito do filme e eu dirigir e protagonizar ao mesmo tempo que eu nem me permiti pensar em nada mais.” 

Como ator, Leal trabalhou em seus curtas, e também no longa “Aquarius”, de Kleber Mendonça Filho, e conta que atuar o ajuda, como diretor, a compreender que não existe uma fórmula. “Cada ator tem sua forma própria de trabalhar, seu jeito de ser, não dá pra chegar impondo nada. Como diretor eu proponho um norte e juntos vamos chegar onde conseguimos. O fato de ser ator também me dá um senso de improviso muito grande, de ler o momento e às vezes mudar completamente uma cena na hora de filmar se surgir uma ideia melhor do que a prevista antes.”

O filme fez sua estreia no Festival de Tiradentes, que aconteceu de forma on-line em janeiro, e presencial, em abril. SEGUINDO TODOS OS PROTOCOLOS foi muito bem recebido. O cineasta Kleber Mendonça Filho disse que não via um filme brasileiro tão engraçado há anos, e completou: “Fábio é um cineasta que entende o que quer fazer e executa as suas ideias com muita autoridade e desenvoltura, mesmo que essa autoridade desenhe um personagem - Chico - incerto e inseguro sobre o que se passa na sua/nossa biologia.”

A Sessão Vitrine 2022 foi contemplada pelo PROAC Direto 38/2021, programa de fomento do Governo do Estado de São Paulo e Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo.

SEGUINDO TODOS OS PROTOCOLOS é um lançamento da Sessão Vitrine.

Sinopse

Após ficar 10 meses sozinho em quarentena, Francisco quer transar.

Ficha Técnica

Direção: Fábio Leal 

Roteiro: Fábio Leal 

Produção:  Fábio Leal, Juliana Soares

Produção Executiva: Juliana Soares

Direção de Produção: Amanda Guimarães

Elenco: Fábio Leal, Paulo Cesar Freire, Marcus Curvelo, Lucas Drummond, Vitória Liz, Bruce de Araújo

Direção de Fotografia: Gustavo Pessoa

Montagem: Matheus Farias e Pedro Giongo

Gênero: drama, comédia 

País: Brasil

Ano: 2022 

Duração: 75 min. 

Nenhum comentário:

Crítica Filme “Minions 2: A Origem de Gru” por Rita Vaz

Estreia nesta quinta-feira, uma das animações mais esperadas do ano. “Minions 2: A Origem de Gru”, dirigida por Kyle Balda (Meu Malvado Favo...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba