Crítica Filme Jurassic World Domínio por Rita Vaz

Estreia nesta quinta-feira o filme “Jurassic World Domínio”, dirigido por Colin Trevorrow, que entende da saga há muitos anos, tendo dirigido e roteirizado os outros longas da série.

Há quase trinta anos, em 1993, estreou nos cinemas “Jurassic Park: Parque dos Dinossauros”, dirigido por Steven Spielberg, um sucesso estrondoso, que levou os fãs do gênero à loucura, de tão eletrizante e bem feito que era o filme.

Dado o sucesso, duas sequências foram feitas, uma em 1997 e outra em 2001, dando origem à trilogia Jurassic Park, e em 2015 uma nova saga foi iniciada, a Jurassic World, que tem seu capítulo final agora, encerrando a franquia.

“Jurassic World Domínio” acontece quatro anos após a destruição da Isla Nublar. Os dinossauros agora vivem, e caçam, ao lado de humanos em todo o mundo. Esse frágil equilíbrio remodelará o futuro e determinará, de uma vez por todas, se os seres humanos continuarão sendo os principais predadores em um planeta que agora compartilham com as criaturas mais temíveis da história.

Junto a esse grande dilema, os protagonistas dessa história terão que lidar com uma ameaça bioquímica que também assombra o planeta.

“Jurassic World Domínio” é um filme com muita ação, aventura e nostalgia. Nele você vai ver personagens das duas franquias, se encontrando, passando por altos perrengues juntos e se ajudando.

Pensa em uma cena boa de se ver, é essa, além de outras, com muitas referências aos filmes anteriores.

O elenco está mais entrosado do que nunca, parece que todo mundo trabalhou muito feliz nessa história, e toda essa energia, a gente consegue sentir na frente da telona.

O diretor Colin Trevorrow tinha um trabalho hercúleo a fazer, para finalizar a franquia, depois das críticas negativas que recebeu ao “Jurassic Word Reino Ameaçado” de 2018, tanto da mídia especializada, quanto do público.

E ele fez por merecer, com uma história bem desenvolvida, que linka pequenas tramas anteriores com um ótimo fechamento, e linka a grande trama dos dinossauros também; com efeitos especiais que vão além da imaginação, de tão bem feitos que são; com o elenco super entrosado; enfim, com todo o necessário para fechar a franquia de um modo digno para todos, tanto para os envolvidos com a produção, quanto para o grande público que é fã da série desde a década de 1990 ou da nova série, ele conseguiu.

“Jurassic World Domínio” é um blockbuster da melhor qualidade. Entretenimento e ação, em seu estado mais puro. Super recomendo!

Nenhum comentário:

Crítica Filme “Minions 2: A Origem de Gru” por Rita Vaz

Estreia nesta quinta-feira, uma das animações mais esperadas do ano. “Minions 2: A Origem de Gru”, dirigida por Kyle Balda (Meu Malvado Favo...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba