Pandora Filmes participa do Festival do Rio 2021 com 6 longas

                                                                  Filme: Encontros

Uma das principais distribuidoras independentes do país, a Pandora Filmes exibirá seis longas inéditos em circuito nacional no Festival do Rio, que acontece entre 9 e 19 de dezembro, exclusivamente no formato presencial em cinemas da cidade.

Do catálogo da distribuidora, estão filmes nacionais e estrangeiros, alguns já exibido com sucesso em festivais pelo mundo, e outros inéditos no país que farão sua première nacional no Festival do Rio, como é o caso de MEU ÁLBUM DE AMORES, de Rafael Gomes; CORA, de Gustavo Rosa de Moura e Matias Mariani; e DIÁRIO DE VIAGEM, de Paula Kim. Também serão exibidos o nacional CAPITU E O CAPÍTULO, de Julio Bressane; ENCONTROS e A MULHER QUE FUGIU, ambos do sul-coreano Hong-Sang Soo.

Criado por Rafael Gomes, Luna Grimberg e Vinicius Calderoni, MEU ÁLBUM DE AMORES tem o gênero de música brega ao centro, e traz composições inéditas de Odair José e Arnaldo Antunes. O protagonista do filme é interpretado por Gabriel Leone: um dentista que leva um fora da mulher que ama, e também descobre que seu pai não é o homem que o criou. Ele é filho de um famoso cantor brega da década de 1970, que acabou de morrer. Dessa forma, ele deverá reorganizar sua vida e redescobrir a si mesmo. O filme será exibido em caráter hors concour no Festival. 

Participando da mostra competitiva de longas de ficção, DIÁRIO DE VIAGEM é dirigido por Paula Kim, que também assina o roteiro, e traz no elenco Manoela Aliperti, Eucir de Souza e Virginia Cavendish. Ao centro, uma adolescente de 13 anos, que em 1995, participa de um intercâmbio, na Irlanda, e, volta para o Brasil com um transtorno alimentar que atrapalhará sua vida. 

Também na mostra competitiva de longas, CORA, de Gustavo Rosa de Moura e Matias Mariani, é um filme experimental, apresentado como um documentário, embora seja totalmente ficcional, a partir do romance “Antonio”, de Beatriz Bracher. Coproduzido com a Dinamarca, o longa usa uma linguagem contemporânea, combinando estética de mídias digitais, e traz a história de uma jovem dinamarquesa, filha de um brasileiro, que investiga o passado de sua família. 

O veterano cineasta brasileiro Júlio Bressane volta a Machado de Assis (como em “A Erva do Rato” e “Brás Cubas”) para seu CAPITU E O CAPÍTULO, que tem roteiro assinado por ele e Rosa Dias. Partindo do romance “Dom Casmurro”, o filme traz Mariana Ximenes como Capitolina, e Vladimir Brichta, como Bentinho. O elenco ainda inclui Enrique Diaz, no papel de Casmurro, e Djin Sganzerla, como Sancha. O filme será exibido fora de competição no Festival. 

O coreano Hong Sang-Soo participará do evento com seus dois longas mais recentes: ENCONTROS e A MULER QUE FUGIU, ambos premiados no Festival de Berlim, em 2021 e 2020, respectivamente. O primeiro ganhou prêmio de roteiro, também assinado pelo diretor. No filme, três histórias, protagonizadas pelo mesmo jovem, falam de encontros, desencontros e descobertas do destino. 

Com A MULHER QUE FUGIU, Hong recebeu o prêmio de direção, o Urso de Prata, e traz a história de uma mulher e seus encontros com três amigas, enquanto seu marido está viajando. A protagonista é interpretada por Kim Min-hee, musa do cineasta em diversos filmes. 

Abaixo, mais informações sobre cada um dos filmes:

MEU ÁLBUM DE AMORES. Direção: Rafael Gomes

Drama/Ficção/2021/Brasil

Sinopse: Júlio é um dentista que está prestes a viver com a mulher que namora há 18 anos. Mas ela acaba desistindo na última hora, e termina com ele. Ele acaba abalado por outra notícia: seu pai não é quem acreditava ser. Ele é filho de Odilon Ricardo, um famoso cantor brega dos anos de 1970, que morreu há pouco e lhe deixou uma casa como herança.

DIÁRIO DE VIAGEM. Direção e roteiro Paula Kim

Drama/Ficção/2021/Brasil

Sinopse: 1995, São Paulo. Logo após a implantação do Plano Real, Liz, 13, é mandada para um intercâmbio na Irlanda. Seus pais de classe média emergente estão otimistas, mas na percepção da adolescente a viagem é um total fracasso. Liz retorna ao Brasil transtornada e obsessiva, com um transtorno alimentar que limita sua vida em todos os âmbitos. Como superar essa dura realidade?

CORA, direção Gustavo Rosa de Moura e Matias Mariani,

Drama/Experimental/2021/Brasil/Dinamarca

Sinopse: 2064. Cora, uma dinamarquesa, encontra um documentário inacabado no qual Benjamim, seu pai brasileiro, tentava investigar, 50 anos antes, a história dos próprios pais dele: Teo, que morreu louco quando ele ainda era criança, e Elenir, uma mulher misteriosa de quem ele mal ouviu falar. Em sua investigação, Benjamin descobre que ambos fazem parte de um complexo quebra-cabeça familiar, cheio de traumas e tabus, no qual ele começa a se ver como uma das peças principais. O material presente no documentário de Benjamim é organizado e comentado por sua filha, na tentativa dela de compreender o passado perdido de sua família.

CAPITU E O CAPÍTULO. Direção: Júlio Bressane

Drama/Ficção/2021/Brasil

Sinopse: Olhares, atitudes, vicissitude e passionalidade, novas e antigas percepções. Trama que permeia a inquietude trazida pelo sentimento mais primitivo que o ser humano pode experimentar, criando e sorvendo o fantasma criado pelo ciúme, desdobrando-se em intrigas capitulares criadas por Bentinho em devaneios que o tomam sobremaneira pelo amor doentio por sua Capitu.

ENCONTROS (INTRODUCTION). Direção e roteiro: Hong Sang-Soo

Drama/Ficção/2021/Coreia do Sul

Sinopse: Dividido em três partes, o filme acompanha os encontros, desencontros e percalços sentimentais de um jovem que vai da Coreia do Sul a Berlim para visitar o pai, a mãe e a namorada.

Ganhador do Prêmio de Roteiro, no Festival de Berlim 2021.

A MULHER QUE FUGIU (The Woman who run). Direção e roteiro: Hong Sang-Soo

Drama/Ficção/2020/Coreia do Sul

Sinopse: Enquanto seu marido viaja a trabalho, Gamhee visita suas amigas nas imediações de Seoul. Elas conversam amigavelmente, mas cada uma delas têm uma expectativa diferente em relação à vida. Ganhador do Prêmio de Direção, no Festival de Berlim 2020.

Nenhum comentário:

Programação da Semana - Cine Passeio (20 a 26 de janeiro)

Ei, você! Vem conferir a programação da semana do seu #cinemaderua preferido!    De 20 a 26/01 temos duas estreias: o aguardado "Edua...