Festival de Roteiro Audiovisual de Porto Alegre anuncia roteiros premiados

Maior evento do gênero na América Latina aconteceu em formato online nos meses de setembro e outubro


O 9º FRAPA - Festival de Roteiro Audiovisual de Porto Alegre acaba de anunciar os trabalhos vencedores de seu concurso de roteiros. Nas duas categorias foram contemplados autores baianos: "Tragam-me a Cabeça de Orum Bomani", de Ariel L. Ferreira (longa-metragem) e "Jimen", de Murilo Deolino e Paulo Bono (piloto de série). O primeiro e maior evento inteiramente voltado ao roteiro de cinema e televisão na América Latina aconteceu nos meses de setembro e outubro em formato online.

         Os ganhadores recebem prêmios que incluem valores em dinheiro, script doctoring comercial da Product Placement House, um ano de gratuidade como associado da ABRA - Associação Brasileira de Autores Roteiristas, uma assinatura VIP da MUBI e bolsa em formação ou desenvolvimento da Projeto Paradiso, iniciativa filantrópica de apoio ao audiovisual do Instituto Olga Rabinovich

Todos os finalistas e semifinalistas também ganharam o software Final Draft 11 e a vaga no laboratório de desenvolvimento de roteiros do evento, o FRAPA[LAB]. Além disso, em parceria com o Projeto Paradiso, a Casa de Cinema de Porto Alegre e a b_arco, o FRAPA ofereceu 20 bolsas para o curso de roteiro do cineasta Jorge Furtado.

"O roteiro é onde toda obra audiovisual começa, por isso no Projeto Paradiso entendemos que é fundamental investir nesta área para ajudar os projetos a nascerem fortes, sobretudo ao lado de um parceiro tão relevante quanto o FRAPA", acredita Josephine Bourgois, diretora executiva do Projeto Paradiso, co-realizadora do FRAPA[Lab]. “Neste ano, foi uma alegria ver 12 projetos de longas e séries tão diversos e complexos se desenvolverem no FRAPA[LAB] e desejamos que graças a esta experiência possam ganhar asas no futuro", conclui.

O FRAPA é uma realização da Coelho Voador e Epifania Filmes, com direção geral de Leo Garcia e produção executiva de Mariana Mêmis Müller.

 

Vencedores:

Melhor Roteiro - Longa-Metragem: "Tragam-me a Cabeça de Orum Bomani", de Ariel L. Ferreira (Salvador/BA);

Melhor Roteiro - Piloto de Série: "Jimen", de Murilo Deolino e Paulo Bono (Salvador/BA).

Nenhum comentário:

‘EDUARDO E MÔNICA’ estreia nos cinemas brasileiros no dia 6 de janeiro

  Inspirado nos populares personagens criados por Renato Russo na canção ‘Eduardo e Mônica’, o longa-metragem homônimo estreia nas telonas d...