PEDRO E INÊS estreia nos cinemas do Brasil dia 08 de Julho


"PEDRO E INÊS” dirigido por António Ferreira, uma adaptação do romance ‘A Trança de Inês’ de Rosa Lobato de Faria, chega aos cinemas brasileiros, com distribuição da Pandora Filmes, no dia 08 de julho. O filme, uma coprodução entre Brasil, Portugal e França, e que foi o filme português mais visto do ano em Portugal.

Protagonizado pelos atores Diogo Amaral e Joana de Verona, “PEDRO E INÊS” é inspirado em uma famosa lenda portuguesa, e o filme narra uma inigualável história de paixão ao longo de três épocas: na idade média onde tudo originalmente aconteceu, no tempo atual onde Pedro e Inês são arquitetos numa grande cidade e, num futuro distópico, onde as pessoas fogem das cidades para o campo para sobreviver. Pedro e Inês sempre se encontram e se apaixonam perdidamente, ao longo dos tempos, imortalizando a mais gloriosa história de amor portuguesa.

O filme foi rodado no verão de 2017 em quatro concelhos do distrito de Coimbra (Cantanhede, Montemor-o-Velho, Lousã e Coimbra). No elenco figuram ainda nomes como Vera Kolodzig, Cristóvão Campos, Custódia Gallego, Miguel Borges, João Lagarto e Miguel Monteiro. “PEDRO E INÊS” teve a sua estreia mundial na competição do Festival de Montreal, tendo já passado pelas competições da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, Festival do Rio e no Festival Caminhos do Cinema Português.

Sinopse: 

Uma coprodução entre Portugal, França e Brasil, o filme é baseado na história real do Rei Dom Pedro I, que desenterrou sua amante Inês de Castro para torná-la rainha depois de morta. A obra conta a história de Pedro e Inês em três diferentes épocas (presente, passado e futuro). Um amor atemporal que vence as limitações do tempo. Protagonizado pelos atores Diogo Amaral e Joana de Verona, o filme imortaliza a mais gloriosa história de amor portuguesa.

Ficha Técnica:

Direção e Roteiro: António Ferreira

Produção: Tathiani Sacilotto (Persona Non Grata Pictures)

Elenco: Diogo Amaral (Pedro), Joana de Verona (Inês), Vera Kolodzig (Constança), Cristóvão Campos (Estevão), Custódia Gallego (Beatriz), João Lagarto (Afonso), Miguel Borges (Pêro Coelho)

Ano: 2018

País: Portugal, Brasil e França

Duração: 120 minutos

Classificação: 16 anos

Nenhum comentário:

Estreia hoje, 25/11 o ótimo e necessário filme "Deserto Particular" de Ali Muritiba.

  DESERTO PARTICULAR , do diretor Aly Muritiba, chega aos cinemas brasileiros hoje, 25 de novembro com distribuição da Pandora Filmes. O fil...