“Tempo de matar”, de Joel Schumacher, e a comédia policial “Quem matou Lady Winsley?” estão entre as novidades do À LA CARTE

 


 

Filme Tempo de Matar


Na próxima semana, o À La Carte traz quatro filmes que passam a integrar o seu catálogo,  além de um Super Lançamento que estará disponível para aluguel! Na quinta-feira, 13 de maio, estreia “Tempo de matar”, (1996) de Joel Schumacher. Estrelado por um super elenco que inclui Matthew McConaughey, Samuel L. Jackson, Sandra Bullock e Kevin Spacey, o filme foi baseado no livro homônimo de John Grisham e acompanha a trajetória de um advogado que atuava na defesa de um homem negro acusado de matar dois homens brancos que teriam estuprado sua filha; da França vem o clássico “Hiroshima, meu amor” (1959), primeiro longa de Alain Resnais e um dos marcos inaugurais da nouvelle vague francesa, lançado no Festival de Cannes de 1959 junto com "Os Incompreendidos", de François Truffaut; para os fãs de comédia italiana o streaming traz “Pais e Filhos” (1957) de Mario Monicelli com Vittorio De Sica, Marcello Mastroianni, Antonella Lualdi, o filme foi o vencedor do Urso de Prata de Melhor Diretor no Festival de Berlim; e para fechar, “Gunga Din”, de George Stevens com Cary Grant, Joan Fontaine e Victor McLaglen, o longa teve a segunda maior bilheteria americana de 1939, perdendo apenas para "... E o Vento Levou".

Na sexta-feira, 14 de maio, o público poderá alugar “Quem matou Lady Winsley?”, do diretor iraquiano Hiner Saleem. Esta coprodução entre Bélgica, Turquia e França, país que o diretor escolheu para viver, é uma comédia policial, que também mistura outros  gêneros como suspense, romance e drama social, multiplicando referências cinematográficas e trazendo o espírito de Agatha Christie. A história se passa em uma ilha do arquipélago do Príncipe, na Turquia, quando Lady Winsley, uma romancista americana, é assassinada e o inspetor Fergün (interpretado por Mehmet Kurtulus, ator principal de "Short Sharp Shock longa de estreia do aclamado diretor alemão Fatih Akin) chega de Istambul para chefiar a investigação. O longa, inédito no Brasil, estará disponível nos Super Lançamentos do À La Carte por R$12,90.

Confira abaixo as sinopses dos filmes:

Tempo de matar (A Time To Kill)

EUA, 1996, Crime, 149min, 16 anos

Direção: Joel Schumacher

Elenco: Matthew McConaughey, Sandra Bullock, Samuel L. Jackson

Sinopse: Em Canton, Mississippi, um jovem advogado destemido e seu assistente defendem um homem negro acusado de assassinar dois homens brancos que estupraram sua filha de dez anos, incitando violenta retaliação e vingança da Ku Klux Klan

Curiosidades: Matthew McConaughey foi originalmente escalado para interpretar Freddie Lee Cobb, mas depois de ler o roteiro, ele preferiu o papel de Jake Brigance, e o diretor Joel Schumacher concedeu ao ator um screentest privado que o levou a ser aprovado. O elenco do filme inclui seis vencedores do Oscar: Sandra Bullock, Matthew McConaughey, Kevin Spacey, Brenda Fricker, Chris Cooper e Octavia Spencer; e mais um indicado: Samuel L. Jackson. O diretor Joel Schumacher originalmente ofereceu o papel principal a Val Kilmer durante a produção de "Batman Eternamente" (1995), o que é surpreendente, já que Schumacher sempre foi muito aberto sobre sua relação tensa com Kilmer no set (apesar de elogiar a atuação dele no filme), mas, no entanto, Kilmer recusou.

Hiroshima, meu amor (Hiroshima mon amour)

França, 1959, Drama, 90min, 14 anos

Direção: Alain Resnais

Elenco: Emmanuelle Riva, Eiji Okada, Stella Dassas

Sinopse: Uma atriz francesa está em Hiroshima gravando um filme anti-guerra e acaba tendo um caso com um arquiteto japonês, casado. Os dois divagam sobre seus pontos de vista divergentes em relação à guerra

Curiosidade: Este foi o primeiro longa-metragem com atuação de Emmanuelle Riva, que já havia feito alguns trabalhos na televisão, e, a partir de "Hiroshima, Meu Amor", sua carreira no cinema continuaria até seu falecimento em janeiro de 2017, aos 89 anos. O ator japonês Eiji Okada, partner de Emmanuelle Riva, não sabia nenhuma palavra em francês, foi treinado para pronunciar cada sílaba e memorizar as palavras pela ordem.

Pais e Filhos (Padri e Figli)

Itália, 1957, Comédia, 103min, 14 anos

Direção: Mario Monicelli

Elenco: Vittorio De Sica, Marcello Mastroianni, Antonella Lualdi

Sinopse: As aventuras de um jovem casal de estudantes do ensino médio: seu pai não se opõe ao amor deles, mas o outro, um médico de prestígio, não está nada contente com isso.

Curiosidades: Uma das estrelas do filme, Antonella Lualdi, além de atriz, foi também uma cantora italiana, que atuou tanto no cinema italiano como no francês, com destaque para o clássico "O Vermelho e o Negro" (1954), de Claude Autant-Lara. Neste filme há uma cena curiosa em que uma criança de 5 ou 6 anos diz ter ido ao cinema assistir "A Rosa Tatuada" (1955), clássico estrelado por Anna Magnani e Burt Lancaster, e ela conta um resumo do filme para o personagem de Marcello Mastroianni. Filme vencedor do Urso de Prata de Melhor Diretor.

Gunga Din (Gunga Din)

EUA, 1939, Aventura, 117 min, 14 anos

Direção: George Stevens

Elenco: Cary Grant, Joan Fontaine, Victor McLaglen

Sinopse: Três soldados profissionais estão em serviço na Índia, e estão prestes a se separar porque o casamento do espirituoso Ballantine se aproxima. Só que acontece uma reviravolta: Eles se deparam com uma seita fanática que pratica sacrifícios humanos e resolvem entrar em ação. Segue-se aí batalhas e derramamento de sangue, e na retaguarda dessa guerra está Gunga Dim. Ele é um humilde e leal carregador de água que sonha em um dia se tornar soldado, mas para isso antes ele terá que provar seu valor.

Curiosidades: O filme foi a segunda maior bilheteria americana de 1939, perdendo apenas para "... E o Vento Levou". Na sequência em que entra o título do filme, o gongo que aparece é o mesmo usado para invocar King Kong, seis anos antes.

ESTREIA 14 DE MAIO

SUPER LANÇAMENTO: Quem matou Lady Winsley? (Lady Winsley)

Turquia, 2019, Comédia, 100min

Direção: Hiner Saleem

Elenco: Mehmet Kurtulus, Ezgi Mola, Senay Gürler

Sinopse: Lady Winsley, uma romancista americana, é assassinada em Büyükada, uma ilha do arquipélago do Príncipe, na Turquia. O inspetor Fergün chega de Istambul para chefiar a investigação. Com a ajuda da bela Azra, tem de lidar com os segredos bem guardados deste pequeno recanto do país com os seus inúmeros tabus, fortes laços familiares, tradições ancestrais e diversidade étnica.

Curiosidades: O diretor Hiner Saleem deixou o Iraque aos 17 anos e logo foi para a Itália, concluindo os estudos neste país, indo depois morar na França, onde estreou como cineasta com "Vive la mariée ... et la libération du Kurdistan" (1998), o primeiro de três filmes de sucesso realizados em terras francesas. "Quem matou Lady Winsley?" é uma coprodução entre Bélgica, Turquia e França, país que o diretor iraquiano Hiner Saleem escolheu para viver, e onde ele foi homenageado com o prestigioso título Chevalier des Arts et Lettres pelo ministro da Cultura da França, Renaud Donnedieu de Vabres, em 2005. O protagonista Mehmet Kurtuluş foi o ator principal de "Short Sharp Shock (1998), longa de estreia do aclamado diretor alemão Fatih Akin.

 

 


Nenhum comentário:

Estreia hoje, 25/11 o ótimo e necessário filme "Deserto Particular" de Ali Muritiba.

  DESERTO PARTICULAR , do diretor Aly Muritiba, chega aos cinemas brasileiros hoje, 25 de novembro com distribuição da Pandora Filmes. O fil...