Dia de Star Wars: realidade ou ficção?

Confira 7 curiosidades históricas da saga que no dia 4 de maio deseja que “a força esteja com você”

O 4 de maio é celebrado mundialmente como o Dia de Star Wars (ou Guerra nas Estrelas, em português) por ser um trocadilho com o jargão “que a força esteja com você”, em inglês (may the force, ou fourth, be with you). Os fãs da saga criada por George Lucas consideram a data um feriado não oficial e um momento para relembrar e assistir novamente os nove filmes, além das séries e animações derivadas da obra.

A arte imita a vida?

Desde 1977, quando foi lançado o primeiro título, Guerra nas Estrelas: Uma Nova Esperança, a saga cativou fãs ao redor do mundo por diversos motivos.

Na opinião do professor e especialista em História e Filosofia do Colégio Marista Maringá, Paulo Soares Asalin, o cinema tem o poder de entreter, emocionar e informar o público ao mesmo tempo e por isso continua sendo um canal tão importante ao longo dos anos. “O cinema é uma ferramenta importante pois consegue levar para a sociedade temas relevantes como História e Filosofia, por exemplo”, analisa. “Como é o caso do clássico Star Wars, que traz debates e embates históricos ao alcance da população”, explica o professor.

Confira algumas curiosidades históricas presentes na saga Star Wars, descritas por Asalin, em parceria com o ex-aluno e estudante de História, João Luiz Amaral Castellani:

  • Jedi japonês: o nome jedi (jedai) é resultado da influência do diretor Akira Kurosawa, um dos mais renomados cineastas japoneses. Sua obra é dividida em dois gêneros: gendai-geki, que se passam no presente e jidai-geki, que são retratados no passado, sendo esse último, inspiração para que George Lucas nomeasse os Jedis dessa forma.

  • Inspiração japonesa: a narrativa do primeiro Guerra Nas Estrelas, conta a história do jovem Luke Skywalker, que se envolve em uma Guerra Civil Intergalática ao lado do piloto e contrabandista Han Solo e seu co-piloto Chewbacca, a fim de concretizar os planos da Princesa Leia e interceptar o projeto secreto imperial da Estrela da Morte. O enredo foi inspirado no filme "A Fortaleza Escondida" de 1958, do diretor Akira Kurosawa, em que dois camponeses ajudam um mentor samurai e uma princesa a se livrar das forças imperiais adversárias.

  • Guerra do Vietnã: A Guerra dos Rebeldes contra o Império, que acontece no Episódio IV: Uma Nova Esperança, retrata o furor de uma batalha desigual e relembra a Guerra do Vietnã (que acontecia enquanto o diretor escrevia o primeiro filme da franquia).

  • Regimes autoritários: O surgimento do Império Galáctico e a formação da Estrela da Morte, que ganharam força a partir da crescente ascensão de Darth Sidious, o imperador autoritário que transforma a República Galáctica em Império Galáctico, levando a um enorme extermínio de Jedis encabeçado por Anakin Skywalker, seu aprendiz e futuro Darth Vader. A fala da senadora Padmé depois da vitória de Palpatine é muito marcante nesse momento para que entendamos de onde vêm as referências no universo fantasioso de Star Wars, em suas palavras: "Então é assim que a liberdade morre. Com um estrondoso aplauso".

  • Influências da Roma antiga: pode-se notar em Star Wars, principalmente na República e Senado, ligações com a Roma Antiga. A organização e queda dessas instituições remete ao período em que viveu Júlio César, imperador romano que desempenhou papel fundamental na transição do modelo republicano para o Império Romano, como acontece no não tão aclamado "A Vingança dos Siths", com a ascensão de Palpatine e a queda da democracia.

  • Paralelo com o nazismo: a referência é clara nos uniformes dos oficiais da Estrela da Morte, diretamente inspirados nos uniformes nazistas, assim como as  cerimônias e momentos durante a saga que remetem ao documentário "O Triunfo da Vontade", da cineasta alemã Leni Riefenstahl, a obra foi filmada em 1934 durante o sexto congresso do partido nazista, evento que reuniu em torno de trinta mil simpatizantes da ideologia.

  • Preconceitos raciais: Além disso, o Império e seus membros têm uma visão contraditória a respeito dos aliens. Para eles, são criaturas inferiores, que devem ser serventes ou escravos e não são bem vindos por serem diferentes. A inspiração é clara e as características presentes nas organizações interplanetárias não escondem, exemplo disso são os Stormtroopers, criados geneticamente para defender os interesses do Império, onde o caráter opressor é marca registrada.

Nenhum comentário:

Com vozes de Giovanna Antonelli e Murilo Benício, 'Amigos Imaginários' ganha novo trailer

Longa chega aos cinemas do país em 16 de maio Assista ao trailer DUBLADO AQUI Está no ar mais uma prévia do mundo de encanto que toma cont...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba