À LA CARTE e Instituto Italiano de Cultura promovem programação de cinema

 

 

Filme Cosa sarà (2020)


Em parceria com o Instituto Italiano de Cultura em São Paulo, o À LA CARTE - streaming de filmes do Cine Petra Belas Artes - inicia uma nova programação em maio, o Cine Clube Italiano. Ao todo serão sete edições mensais que trarão filmes italianos recém-lançados e inéditos no circuito comercial brasileiro que serão seguidos de uma programação especial. Os filmes terão acesso gratuito por uma semana no À LA CARTE e as programações acontecerão no canal do YouTube do streaming.

A programação tem início no dia 21 de maio com a exibição do longa “O que será?” (Dir. Francesco Bruni, 2020, 1h 41min, Drama) que fica em cartaz até o dia 27 de maio. O filme dirigido por Francesco Bruni, e com uma excelente e comovente interpretação de Kim Rossi Stuart, que interpreta Bruno Salvati, trata de forma leve, mas intensa, sobre o medo da morte perante uma doença grave. Na quarta-feira, 26 de maio, às 18h30, acontece um bate-papo ao vivo sobre o filme com a jornalista especializada em cinema Flavia Guerra e Léo Mendes, gerente de inteligência do Belas Artes Grupo.

“O Cine Belas Artes sempre foi sinônimo de qualidade para os apaixonados por cinema e foram muitos os filmes italianos apresentados ao público brasileiro onde a Consolação se encontra com a Paulista”, declara Michele Gialdroni, diretor do Instituto Italiano de Cultura de São Paulo. “Hoje, a sala de cinema se ampliou e é uma grande alegria que todo o Brasil possa aproveitar do Cine Clube Italiano, realizado em parceria com o Instituto Italiano de Cultura de São Paulo”, completa.

Para as próximas edições estão programados os filmes “De Volta Para Casa/Tornare”, “A Arte da Felicidade/L’arte della felicità”, “Gangue de Ladras/Brave Raggaze”, “O Último Procecco/ Finche Prosecco”, “O Grande Espírito/Il Grande Spirito” e “Duas Famílias/I Predatori”.

Sobre o filme:

O QUE SERÁ?

Cosa sarà, 2020, 1h41min, Drama

Direção: Francesco Bruni

Elenco: Kim Rossi Stuart, Lorenza Indovina, Barbara Ronchi, Giuseppe Pambieri, Raffaella Lebboroni, Nicola Nocella, Fotinì Peluso, Tancredi Galli, Elettra Mallaby, Stefano Rossi Giordani, Ninni Bruschetta

Bruno Salvati (Kim Rossi Stuart) leva uma vida insatisfatória: é um cineasta (com pouco sucesso) e acaba de se separar de sua esposa Anna (Lorenza Indovina), mãe de seus dois filhos adolescentes Adele (Fotinì Peluso) e Tito (Tancredi Galli). Um dia, Bruno descobre que sofre de uma doença e precisa de um doador. A revelação de seu estado de saúde leva o cineasta a reavaliar os laços familiares, principalmente com o pai Umberto (Giuseppe Pambieri). Será o pai quem vai revelar um segredo que vai levar o filho a viajar em busca de alguém que o possa ajudar.

Sobre os participantes da conversa ao vivo:

Flavia Guerra

Flavia Guerra é documentarista, curadora e jornalista. Formada em jornalismo pela ECA-USP. Bolsista do Chevening Scholarship Programme, tem mestrado em Direção de Documentário e Cinema na Goldsmiths - University of London. Foi repórter de Cultura do jornal O Estado de S. Paulo por 15 anos, além de colaborar com diversos veículos como Carta Capital, Revista Trip, Revista Continente, Folha de S. Paulo, entre outros. É colunista de cinema da Rádio Band News FM,  criadora do podcast Plano Geral (@planogeral_podcast) e do site de cinema TelaTela. Em documentários e cinema, já roteirizou, narrou, produziu, dirigiu diversos projetos.

Léo Mendes

Iniciou sua experiência cinematográfica como gerente e assistente de programação no extinto Cineclube Oscarito, em São Paulo, de 1989 a 1991, passando a trabalhar na distribuidora independente Pandora Filmes, ainda em 1991, onde permanece até hoje como consultor de aquisições internacionais. Paralelamente, atuou como programador da sala de cinema do Esporte Clube Banespa, de 2002 a 2003; em outubro de 2017, assinou a curadoria da mostra “Incuráveis”, dedicada a filmes com temática LGBT no cinema Belas Artes; foi curador da exposição itinerante de cartazes cinematográficos intitulada “Um Século de Cinema em Cartaz – De 1915 a 2015”, que foi vista de 01 de agosto a 31 de outubro entre as estações Luz, Paulista e Fradique Coutinho do Metrô de São Paulo e atua como programador do Noitão Belas Artes desde 2004

 

Nenhum comentário:

‘EDUARDO E MÔNICA’ estreia nos cinemas brasileiros no dia 6 de janeiro

  Inspirado nos populares personagens criados por Renato Russo na canção ‘Eduardo e Mônica’, o longa-metragem homônimo estreia nas telonas d...