É TUDO VERDADE E ITAÚ CULTURAL CELEBRAM MARKER NA 18ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO DOCUMENTÁRIO

 


  

 

A 26ª edição do É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários e o Itaú Cultural realizam, nos dias 7 e 8 de abril, a 18ª Conferência Internacional do Documentário. Todas as atividades da Conferência, gratuitas e já gravadas, acontecem no site do Itaú Cultural, O simpósio homenageia neste ano o centenário de nascimento do cineasta, escritor e fotógrafo francês Chris Marker (1921-2012), diretor de clássicos como “Carta da Sibéria” (Lettre de Siberia, 1958), “A Pista” (La Jetée, 1962), “Maio Feliz” (Le Joli Mai, 1962), e “Sem Sol” (Sans Soleil, 1983).

 

“De pioneiros cine-ensaios a brincadeiras com avatares, Marker durante mais de sete décadas experimentou com as fronteiras do audiovisual”, afirma Amir Labaki, diretor-fundador do É Tudo Verdade e curador da Conferência. “Para melhor compreender o impacto de sua obra, nada melhor do que ouvir especialistas”.

 

Na palestra de abertura, o crítico francês Jean-Michel Frodon vai abordar a relação entre o cinema de Marker e a palavra. A segunda mesa apresenta uma entrevista do documentarista brasileiro Sílvio Tendler para a curadora franco-brasileira Anna Glogowski sobre o convívio de Tendler com Marker nos anos 1970 em Paris. Os laços entre a América Latina e Marker são discutidos pela especialista brasileira Carolina Amaral no terceiro encontro. Por fim, a mesa de encerramento recebe um dos maiores teóricos do cinema documentário, o americano Bill Nichols, para uma original análise de dois filmes formalmente muito distintos (A Pista e Maio Feliz) realizados num ano crucial para a obra de Marker: 1962.

 

Os eventos são pré-gravados, com interpretação simultânea em Libras.


A 26ª edição do É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários conta com patrocínio do ITAÚ, parceria do Sesc São Paulo e com o apoio cultural da SPCINE, ITAÚ CULTURAL e CANAL BRASIL. Realização: Secretaria Municipal de Cultura da Cidade de São Paulo e Secretaria Especial de Cultura do Ministério do Turismo do Governo Federal.
 

Veja a programação:


7 de abril, 11h
Abertura da Conferência

 

Eduardo Saron, diretor do Itaú Cultural

Amir Labaki, diretor-fundador do É Tudo Verdade

7 de abril, 11h05
Master Class: Jean-Michel Frodon

 

Jean-Michel Frodon é crítico de cinema, escritor e professor. Escreveu para o Le Monde (1990-2003) e foi diretor editorial da revista Cahiers du Cinéma (2003-2009).

7 de abril, 15h
Marker por Tendler 

 

Entrevista do diretor brasileiro Sílvio Tendler (Os Anos JK; Jango), que conviveu com Marker na França do início dos anos 1970, conduzida pela curadora franco-brasileira Anna Glogowski, do comitê de seleção do É Tudo Verdade.

8 de abril, 11h
Palestra: Chris Marker e a América Latina, Trânsitos Estéticos e Políticos, com Carolina Amaral

 

Carolina Amaral é doutora em história pela USP e professora da Universidade Estadual de Londrina. É autora de “O cinema latino-americano de Chris Marker”.

8 de abril, 15h
Master Class: Bill Nichols

 

Bill Nichols é autor de livros considerados textos-chave no desenvolvimento dos estudos do cinema documentário, incluindo “Representing Reality”, “Speaking Truths with Film” e “Introduction to Documentary”.

 


SERVIÇO:

18ª Conferência Internacional Do Documentário

Dias 7 e 8 de abril.

On-line, pelo site do Itaú Cultural – www.itaucultural.org.br

Nenhum comentário:

Público poderá conferir PROIBIDO NASCER NO PARAÍSO na Globoplay e Canal GNT

Filme dirigido por Joana Nin traz à tona uma questão polêmica da ilha Estreia na Globoplay em 1º de maio, e no GNT dia 5 de maio,...