‘À LA CARTE’ homenageia ISABELLE HUPPERT no mês das Mulheres e do aniversário da atriz

A francesa Isabelle Huppert é uma das atrizes mais queridas e versáteis da atualidade. Para homenagear os 68 anos que completa no próximo dia 16, e o mês da mulher, o À La Carte traz uma seleção de cinco longas realizados nos últimos anos nos quais ela brilha e mostra sua versatilidade como atriz: “Um amor em Paris” (2014), “Fique Comigo” (2015), “Souvenir” (2016), “Barreiras” (2017) e “A câmera de Claire” (2017).

Huppert, que começou sua carreira em 1971, num telefilme, foi indicada ao César, principal premiação da indústria cinematográfica francesa, 16 vezes, e ganhou 2, por “Elle” (2016) e “Mulheres Diabólicas” (1996). No Oscar, concorreu por “Elle”, e, em Cannes, ganhou duas vezes o Prêmio de Interpretação Feminina, por “A Professora de Piano” (2001), e “Violette” (1978).

Sobre a atriz, a crítica Sheila O’Malley escreveu, no site do crítico Roger Ebbert: “Qualquer filme estrelando Huppert traz uma aura de empolgação. Um dos dons extraordinários de Huppert [...] é como ela entra numa cena com tamanha liberdade que cria uma atmosfera completamente imprevisível.”

Já Manohla Dargis, no The New York Times, disse que “No cinema ninguém sangra como Isabelle Huppert, metaforicamente, é claro, dada a ferocidade, a maneira como essa mulher marca a tela com comprometimento tão absoluto à cena que é impossível não pensar que ela já não sacrificou pedaços do seu corpo a um filme.”

Suas atuações nos filmes da seleção do À La Carte são altamente elogiadas. Por seu trabalho em “Um amor em Paris”, a Hollywood Reporter escreveu na crítica que a atriz “ancora o filme com uma interpretação bela e modulada, na qual sua personagem lentamente acorda para a ideia de uma segunda juventude”.

Por “Barreiras”, no qual atua ao lado de sua filha, Lolita Chammah, a revista Variety disse que “Huppert marca com sua linguagem corporal uma história que combina carinho e controle [...] Colocar a atriz para contracenar com sua filha foi uma escolha inspirada.”

Em “A Câmera de Claire”, ela protagoniza o primeiro filme em francês do coreano Hong Sang-Soo, interpretando uma turista francesa comum que sonha em visitar Cannes, e sua primeira fala no filme é “É a primeira vez que venho a Cannes”, o que, claramente, é uma piada do diretor e roteirista, haja vista a imensa quantidade de vezes em que a atriz esteve no festival na cidade da Riviera Francesa.

A seleção do À La Carte destaca o que há de melhor na filmografia recente de Huppert, ressaltando sua variedade em registros, indo da comédia ao drama, às vezes no mesmo filme. Abaixo, mais informações sobre cada um dos títulos.


Nenhum comentário:

Vem aí a Comemoração do Ano: A Semana de Aniversário do Homem-Aranha

Vem aí a Semana de Aniversário do Homem-Aranha. Os oito filmes da franquia Homem-Aranha estão disponíveis para aluguel e compra nas platafor...