Listas - Teste de Bechdel no Canal Like



Você sabe o que é o Teste de Bechdel? Incomodada com a forma como as mulheres eram retratadas em filmes a quadrinista norteamericana Alison Bechdel resolveu chamar a atenção para a questão da representação feminina no cinema através das suas personagens dos quadrinhos “Dykes To Watch For”, em 1985.

E assim nasceu o Teste de Bechdel, que tem três regras básicas pra um filme ser aprovado: é preciso que a produção tenha, no mínimo, dois personagens femininos com nomes. Figuração não conta. A segunda regra: essas personagens precisam conversar umas com as outras. E a terceira: as mulheres têm que conversar sobre algo que não seja homem. Nessa edição, o “Listas” traz exemplos de longas aprovados com louvor!

O primeiro filme da lista retrata um período curto na vida da escritora francesa Sidonie Gabrielle Colette, interpretada pela atriz e modelo britânica Keira Knightley. Colette sofre com o seu casamento abusivo, em que o parceiro é um editor e publica o trabalho de outros escritores no nome dele. Até que as coisas mudam quando a personagem Claudine traz reconhecimento profissional para a autora e bonança ao casal. Colette vai se libertando sexualmente e passa a fazer sombra ao marido mulherengo. Ela desafiou os costumes época pela ousadia em buscar os holofotes e se dissociar da figura machista e opressora do marido.

O próximo longa surpreendeu quem achava que os contos de fada tradicionais tinham ficado para trás no mundo dos desenhos animados. “Frozen – Uma Aventura Congelante” foi o primeiro filme de animação dirigido por uma mulher na Disney. Além disso, Jennifer Lee também assina o roteiro sozinha. A trama acompanha a jornada da otimista Anna, que adora a sua irmã mais velha Elsa. Só que a primogênita da família, acidentalmente, provoca um inverno sem fim no reino. Os pais morreram e as duas cresceram isoladas. Isso muda com o reencontro das irmãs no dia em que Elsa deve assumir o reinado de Arendell.

E a última dica é “Missão Madrinha de Casamento”, que tem o roteiro assinado pelas atrizes Kristen Wig e Annie Mumulo, que participam do filme. Kristen faz um dos papéis principais, o da Anne. Ela é convidada pela amiga Lillian para ser sua madrinha de casamento e, para a comédia ficar divertida, logo no primeiro evento organizado, Annie conhece a nova melhor amiga da Lillian, chamada Helen. As duas passam a disputar para ver quem tem o maior grau de proximidade com a noiva e também o posto de organizadora oficial dos eventos nupciais. Todas as personagens principais são mulheres e o longa fala da relação entre elas.

Serviço:
Canal Like: 530 da NET/Claro
No ar de terça, dia 17 de março, às 15h.
Assista também: quinta, 19/03, às 15h.

Nenhum comentário:

A VIDA INVISÍVEL no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

  Produzido por Rodrigo Teixeira, da RT Features, A VIDA INVISÍVEL teve sua estreia mundial no Festival de Cannes de 2019, no qual conquist...