Crítica Filme "Dora a A Cidade Perdida" - Rita Vaz



“Dora, a aventureira” é uma animação produzida pela Nickelodeon, e que faz muito sucesso entre as crianças desde os anos 2000.

Feita em um formato educativo, a animação é muito querida pelos baixinhos que interagem com a personagem Dora e seu macaco Botas, sempre que eles solicitam a sua ajuda para alguma questão da história, e isso acontece no filme também.

O longa tem a mesma energia da animação, o que é muito bom, pois as crianças que irão ao cinema, terão uma bela surpresa com o que encontrarão.

Na nova história conhecemos Dora quando ela ainda era criança, e morava com seus pais em uma floresta no Perú.
Além deles, Dora convive com o seu amigo, o  macaco Botas e toda a espécie de animais.
Ela é uma aventureira e exploradora nata, conhece todos os caminhos e sinais da floresta.

Os anos passam, Dora é uma adolescente e vai morar na cidade, na casa do primo Diego, e estudar no mesmo colégio que ele.

Acontece que seus pais, ao explorarem a floresta em busca de uma cidade perdida, desaparecem, e Dora é a pessoa perfeita para encontrá-los.

Ela vai precisar da ajuda de novos e velhos amigos para salvar seus pais e resolver um mistério que envolve mercenários e uma antiga civilização.

O diretor James Bobin entrega um filme colorido, divertido, que respeita a animação e traz vida (literalmente) aos personagens de uma forma impressionante.

A atriz Isabela Merced está perfeita no papel de Dora. Ela leva à personagem toda a vivacidade, alegria, coragem e segurança que é pertinente a ela.

Todo o elenco está ótimo em cena, sendo caricato e engraçado como é no desenho.
O longa tem um colorido que chama a tenção das crianças, tem movimento durante toda a projeção e tem um momento de animação em sua história.

Aliás, os efeitos especiais estão muito bons no filme, mas, o destaque vai para o macaco Botas e o Raposo, que interagem muito bem com os atores.

“Dora e a Cidade Perdida” é o tipo de filme necessário para os dias de hoje. Traz alegria, bons conceitos, uma moral leve e bem-humorada, não só para as crianças, mas, para os adultos que as acompanharão aos cinemas. Recomendo!

Título Original: Dora and The Lost City of Gold
Gênero: Família/Aventura
Duração: 1 hora e 43 minutos
Ano de Lançamento: 2019
Direção: James Bobin
Elenco: Isabela Merced,Michael Peña, Eva Longoria, Adriana Barraza, Temuera Morrison, Jeffrey Wahlberg, Nicholas Coombe, Madeleine Madden, Danny Trejo, Benicio Del Toro.



Nenhum comentário:

Conheça os vencedores do 10º CINEFANTASY realizado no Belas A La Carte

  A Mulher da Foto, Takeshi Kushida Evento aconteceu na plataforma Belas Artes à La Carte de 07 a 20 de setembro com a exibição de 140 filme...