Crítica Filme "Encontros" - Rita Vaz




Chega aos cinemas nessa semana o longa “Encontros” dirigido Cédric Klapish, que tem em sua bagagem filmes como “Paris”, “O Enigma Chinês” entre outros.

A comédia romântica, que leva os personagens a questionarem sua existência, é um de seus temas preferidos, e em “Encontros” não é diferente.

Nele, conhecemos Rémi e Mélanie, duas pessoas que têm algumas coisas em comum, e outras, completamente díspares.

Apesar de morarem na mesma rua de uma das cidades mais desejadas do mundo, Paris, eles não sabem da existência um do outro.

E nesse caso, nem toda a beleza da cidade luz, faz diferença na vida amorosa dos dois.

Rémi é um rapaz que morava no interior e foi para a capital tentar a vida, mora sozinho, não consegue dormir, é extremamente tímido, tem dificuldades para se expressar e para se relacionar, apesar de estar na procura por alguém.

Mélanie é da capital, também mora sozinha, dorme muito, trabalha na área da saúde e procura um par para dividir a vida. O problema é que ela aposta somente em aplicativos de relacionamentos, e de um em outro, não encontra a pessoa certa.

A busca dos dois é a mesma, ambos procuram o amor, apesar da solidão, apesar da pressão da sociedade em que todos vivem.

É muito interessante ver como o diretor Cédric Klapish coloca os dois em cena, ao mesmo tempo, e os dois não se olham, não se veem, não se percebem, em momento algum.

Isso acontece algumas vezes, e acaba fazendo com que a plateia crie uma expectativa de quando esse encontro vai acontecer, se é que acontece.

O longa mostra também como duas pessoas tão diferentes em seus comportamentos, podem ser muito parecidas, pois, de uma forma ou de outra, buscam a mesma coisa.

Inclusive buscam a ajuda de profissionais, para conseguir passar pelos momentos críticos do dia a dia.

Ele também consegue tocar no assunto da solidão, que apesar da globalização, da internet e das distâncias diminuídas por ela, continua sendo tão grande e presente na vida de muitos.

“Encontros” é um filme calmo, que tem um andamento muito similar à vida dos personagens, e tem também momentos divertidos, e que faz o espectador pensar e refletir sobre a vida.

Se você gosta de histórias com essa pegada, que te faz rir, que te emociona, “Encontros” é uma excelente pedida para ir ao cinema, vai que você encontra aquela pessoa especial lá, né!

Título Original: Deux Moi
Gênero: Comédia/Drama
Tempo de Duração: 1 hora e 50 minutos 
Ano de Lançamento: 2019
Direção: Cédric Klapish
Elenco: François Civil, Ana Girardot, Eye Haidara, Rebecca Marder, Paul Hamy, Pierre Niney, Quentin Faure, François Berléand.


Nenhum comentário: