Crítica Filme "O Menino Que Fazia Rir" - Rita Vaz



Chega aos cinemas nessa semana a cinebiografia do artista, comediante e importante figura do cenário cultural alemão Hans-Peter Kerkeling.

Diferente de muitas biografias, onde o roteiro conta a história da pessoa em questão, desde sua infância até sua vida adulta, em “O Menino Que Fazia Rir”, conhecemos somente a fase da infância do artista.

Lá, onde seu caráter foi formado, onde as experiências com familiares e amigos ajudaram a formar o adulto que ele é hoje.

Na história conhecemos Hans-Peter em toda a intimidade de sua vida familiar e escolar, e entendemos que ele sempre teve o dom da interpretação.

Ele fazia, desde pequeno, ótimas imitações e construía personagens com o que via os adultos fazendo, e era assim, através desse dom que ele alegrava todos à sua volta.

Devido a um problema de saúde, sua mãe sofreu de depressão, e na ânsia de ajudá-la a atravessar o momento e superar a doença, Hans-Peter em sua inocência fazia de tudo para vê-la sorrir novamente.
E nesse tudo estavam incluídas as imitações, as boas piadas e o ótimo relacionamento que ele tinha com todos.

Outro ponto importante que é mostrado na história, é a família dele. Seus avós, tios e tias, eram de uma sabedoria de vida, impressionante, pois, diante de fatos ou de questionamentos feitos por Hans-Peter, as respostas vinham de forma sutil, alegre e positiva. Ele cresceu em um ambiente bastante afetivo.

A diretora Caroline Link equilibra bem os momentos de alegria e tristeza, entregando uma obra leve, clara e familiar, além de proporcionar cenas que fazem a plateia rir muito.

O ator mirim Julius Weckauf surpreende em cena pela leveza com que faz seu personagem, e pela química que mantém com a atriz Luise Heyer que interpreta a mãe de Hans-Peter.

“O Menino Que Fazia Rir” é um filme para toda a família que deseja conhecer uma história de vida que tem na leveza e no amor cotidianos, seu maior pilar.

Título Original: Der Junge Muss An Die Frische Luft
Gênero: Comédia/Drama
Tempo de Duração: 1 hora e 40 minutos 
Ano de Lançamento: 2019
Direção: Caroline Link
Elenco: Julius Weckauf, Luise Heyer, Joachim Król, Ursula Werner, Sonke Mohring, Maren Kroymann.

Nenhum comentário: