Telecine: Domingo com Godard



Polêmica e marcante, assim é a carreira de um dos diretores mais brilhantes do cinema: Jean-Luc Godard. Em 3 de dezembro ele completa 88 anos, e vai ter virada em grande estilo no Telecine Cult, a partir das 18h15 do dia 2.

A homenagem ao cineasta começa com o clássico A Chinesa. Durante as férias, um grupo de estudantes franceses adeptos do maoísmo se reúne para estudar os ensinamentos do “Pequeno Livro Vermelho”, de Mao Tsé-Tung. Obcecados pela ideologia, os jovens criam uma célula comunista que se envolve em atos terroristas.

Tem estreia às 20h05: Week-End À Francesa. A comédia dramática se passa na França e traz o casal maquiavélico Roland e Corinne, que pretende viajar de carro até a casa dos pais dela para tentar arrematar uma herança. Inesperadamente, eles se surpreendem com o cenário apocalíptico do trajeto até lá: carros em chamas, corpos ensanguentados no asfalto e figuras bizarras.

O especial continua às 22h, com a estreia de O Bando à Parte. O esperto Franz se aproxima da jovem Odile durante as aulas de inglês e ela acaba revelando ao rapaz que sua patroa mantém uma grande quantia de dinheiro em sua mansão. Franz então divide a história com o amigo Arthur, e os dois se juntam para convencer Odile a participar de um roubo à residência.

A cinebiografia de Godard é destaque às 23h50. O Formidável retrata momentos de sua carreira e da época em que A Chinesa foi lançado. Com uma proposta revolucionária e pró-comunista, o longa causou polêmica em 1967 e o artista acabou excluído dos meios que frequentava.


Nenhum comentário: