Prêmio de Público de Melhor Filme Estrangeiro no Festival Mix Brasil, “Conquistar, Amar e Viver Intensamente” Estreia nos Cinemas em 20 de Dezembro.



O diretor Chistophe Honoré, que já tem uma carreira consolidada devido ao sucesso de seus filmes anteriores, como “Canções de Amor (2007)”, “A Bela Junie (2008)” e “Bem Amadas (2011)”, está prestes a lançar mais um filme no Brasil, “Conquistar, Amar e Viver Intensamente”. O filme conta a história de Jacques (Pierre Deladonchamps), um escritor e dramaturgo que vive em Paris, e Arthur (Vincent Lacoste) um jovem estudante de Rennes. Eles se encontram na esquina entre um teatro e um cinema, e viverão uma história em um período complicado dos anos 90, onde o amor paira sobre a morte e a ternura luta contra o desespero, porém, a vida continua contra todas as probabilidades.

A atuação dos atores Pierre Deladonchamps (Um Estranho no Lago) e Vicente Lacoste (Na Cama com Victoria) são dignas de destaque. Ambos receberam inúmeros elogios da crítica especializada quando o filme foi exibido pela primeira vez no Festival de Cannes, um dos festivais de cinema mais prestigiados do mundo. A The Hollywood Reporter diz que “os dois protagonistas oferecem performances luminosas e profundamente fascinantes; É um prazer vê-los flertar e descobrir o caminho para algo mais significativo”.

Honoré sempre trabalhou com grandes atores em seus filmes, como a musa do cinema francês Isabelle Huppert no polêmico “Minha Mãe (2004)”, os galãs Louis Garrel e Romain Duris em “Em Paris (2006)” Ludivine Sagnier e  Chiara Mastroianni em “Canções de Amor (2007)” e  Léa Seydoux em “A Bela Junie (2008)”.    


Sinopse:  1990. Arthur é um estudante de vinte anos que vive em Rennes. Sua vida muda no dia em que ele conhece Jacques, um escritor que mora em Paris com seu filho.
Durante o verão, Arthur e Jacques se divertem e se amam. Mas esse amor, Jacques sabe que deve ser vivido rapidamente.


Título Original: Plaire, aimer et courir vite
Direção: Christophe Honoré
Roteiro: Christophe Honoré
Produção: Philippe Martin, Olivier Père, David Thion, Emmanuel Tenenbaum
Fotografia: Rémy Chevrin
Edição: Chantal Hymans
Música: Frédéric Junqua
Figurino: Pascaline Chavanne  
Gênero: Drama
País: França
Ano: 2018
Cor
Duração: 132 minutos
Classificação: 14 anos 
Elenco: Vincent Lacoste, Pierre Deladonchamps, Denis Podalydès


Nenhum comentário: