Crítica Filme "Pequena Grande Vida" - Rita Vaz


O diretor Alexander Payne é conhecido pelo seu senso de humor negro e suas representações cáusticas da sociedade americana, e nessa nova empreitada, não foi diferente.
“Pequena Grande Vida” é uma crítica clara e objetiva à sociedade norte-americana atual.
É através de uma nova descoberta científica (a de encolher pessoas) e suas reações, que ele simboliza muito do que pensa da sociedade e suas relações humanas.
O filme começa e conhecemos Paul Safranek, um operário de um frigorifico de aves, que trabalha há anos na empresa, e leva uma vida regrada com sua esposa, mas sem conseguir se livrar de suas dívidas.
Quando a população mundial é informada dessa nova tecnologia que encolhe as pessoas ao tamanho de um pequeno boneco, Paul também ouve e fica muito interessado.
Mas, por que as pessoas iriam querer ser pequenas?
A resposta é fácil: para terem uma vida melhor, com mais regalias, com uma casa enorme e não ter que se preocupar com contas para pagar porque um humano pequeno, consome pouco.
Além de todas essas facilidades as pessoas também ajudariam o planeta, seria consumido muito menos dele e seria produzido muito menos lixo.
A transformação é feita, (é mostrado todo o processo pelo qual os personagens passam para serem encolhidos), e algo inesperado acontece na vida de Paul.
A partir daí ele vai conhecer diferentes pessoas e situações que farão com que ele mude o seu modo de vida, de uma forma que ele nunca imaginou.
O filme conta com ótimas atuações e tem uma boa dinâmica até a metade da trama, mas a partir daí perde um pouco o ritmo, se tornando um pouco cansativo.
O que também me chamou a atenção no longa, foi a falta de questionamentos em relação ao mundo que permanece grande, como as distâncias, os animais e outras coisas.
“Pequena Grande Vida” é um filme interessante, faz uma crítica e tanto ao modo como vivemos, como somos governados e como nos administramos.
No mundo perfeito vendido pelos cientistas, a verdade é que tudo continua igual, porque as pessoas não mudam seus caráteres quando encolhem de tamanho, se são boas, continuarão assim, e se forem más ...

Título Original: Downsizing
Gênero: Comédia Dramática
Duração: 2 horas e 16 minutos
Ano de Lançamento: 2018
Direção: Alexander Payne
Elenco: Matt Damon, Kristen Wiig, Christoph Waltz, Hong Chau, Udo Kier, Jason Sudeikis, Neil Patrick Harris, Laura Dern.


RITA VAZ 

Nenhum comentário: