Minha opinião sobre o filme "Mulheres ao Ataque".




É quase impossível, mas interessante imaginar como três mulheres traídas pelo mesmo homem, seriam capazes de se unir para dar uma lição no crápula que conseguiu enganar cada uma delas. 

Acontece que com um bom roteiro e atuações críveis, “Mulheres ao Ataque” surpreende, e acaba parecendo possível. 

A história começa e logo somos apresentados a Carly, uma mulher forte, segura, madura, e bem sucedida.

Ela conhece Mark, um homem que parece ser perfeito. É bonito, educado, inteligente, seguro, bem sucedido, e ainda dá presente na comemoração de dois meses de namoro. 

Seus encontros são perfeitos, em lugares perfeitos, ela sente que pode se apaixonar por ele.
Tudo vai bem até que Carly decide fazer uma surpresa para seu namorado e quem acaba sendo surpreendida é ela, Mark é casado. 

Kate, a insegura esposa, percebe algo de errado quando conhece Kate e já que estava desconfiada com seu marido, vai atrás dela.

O mais estranho e impossível acontece, elas se tornam amigas e descobrem que Mark tem mais uma amante que acaba se tornando amiga delas.

As três se unem para dar uma bela lição em Mark.

A construção da amizade, principalmente de Carly e Kate é muito interessante, cheia de cenas engraçadas e ótimas atuações. 

Apesar dos muitos clichês e um desfecho cruel, o filme é divertido, e entretém a platéia do começo ao fim.

Um bom pedido para você rir um pouco no seu final de semana.

Nenhum comentário:

UNIDAS PELA ESPERANÇA tem estreia adiada nos cinemas brasileiros

Unidas Pela Esperança estrelado por Kristin Scott Thomas e Sharon Horgan, tem estreia adiada nos cinemas brasileiros. Filme dirigido por Pet...