Minha opinião sobre o filme "Hoje eu Quero Voltar Sozinho".




“Hoje eu Quero Voltar Sozinho” é um filme que traz a mesma história do curta-metragem “Eu Não Quero Voltar Sozinho” do diretor Daniel Ribeiro.

Depois do sucesso do curta, Daniel decidiu fazer o longa e novamente acertou na mão, contando de forma leve e amorosa a história de Leonardo.

Quando conhecemos Leonardo, descobrimos que ele é um típico adolescente que estuda, tem uma melhor amiga, porém ainda tem que lidar com uma deficiência visual.

Os dois amigos vivem seu dia a dia normalmente, até que chega na escola um novo aluno chamado Gabriel, que também se torna amigo dos dois.

Porém, alguma coisa aproxima mais Leonardo e Gabriel, que passam a conviver mais tempo juntos.
Além do ciúme da amiga, do bulling que sofre na escola, da mãe super protetora, Leonardo descobre em Gabriel, o seu primeiro amor.

Em momento algum o filme se torna piegas ou dramático apesar dos temas que envolve, muito pelo contrário, tem um tom alegre.

O roteiro é excelente, os atores são ótimos e a trama é otimista.
Um filme doce, que mostra o diverso, de modo inteligente e afetuoso. Recomendo!


Título Original: Hoje eu Quero Voltar Sozinho
Gênero: Drama
Duração: 1 hora e 36 minutos
Ano de Lançamento: 2014
Direção: Daniel Ribeiro
Elenco: Guilherme Lobo, Tess Amorin, Fabio Audi, Isabela Guasco,
Curiosidades: O título original provisório deste filme era "Todas as coisas mais simples", mas foi considerado muito genérico e desconectado da história do curta metragem que o originou. Depois de muita discussão em torno do novo nome, o diretor Daniel Ribeiro e a produção chegaram a um título que reflete tanto as mudanças ocorridas no filme quanto os conflitos do personagem Leonardo: Hoje Eu Quero Voltar Sozinho.

Nenhum comentário:

TEL AVIV EM CHAMAS, estreia nos cinemas dia 29 de outubro de 2020 com distribuição da Pandora Filmes. Longa exibido na seleção oficial do Fe...