"O Tempo e o Vento" Estreiou no Rio Grande do Sul com Excelente Resultado

O filme "O Tempo e o Vento", em seu primeiro fim de semana de estreia no Rio Grande do Sul, teve ótimo desempenho nas bilheterias. A superprodução, baseada na obra de Érico Veríssimo, estreou em 43 cinemas e foi visto por 67.372 espectadores, obtebdo uma média de mais de 1500 pessoas por sala.
O longa, dirigido por Jayme Monjardim e produzido pela Nexus Cinema, de Rita Buzzar, estreou no Rio Grande do Sul na última sexta, 20 de setembro, em função das comemorações da Revolução Farroupilha. No restante do Brasil o filme estreia nesta sexta, dia 27 de setembro. O elenco conta com Fernanda Montenegro, Thiago Lacerda, Marjorie Estiano, Cleo Pires, José de Abreu, Paulo Goulart e Cesar Troncoso.

O filme tem direção de fotografia de Affonso Beato e foi o primeiro a ser inteiramente filmado com a câmera Sony F65. A câmera oferece resolução 4K, a melhor possível até o momento para captar e exibir imagens digitas.

O trailer pode ser visto através do link: http://youtu.be/K_z1uhHdkgE

Curta também a página no Facebook:

A Nexus Cinema e Vídeo, dirigida por Rita Buzzar, é a empresa produtora do filme. Globo Filmes, Panda Filmes, Cereja S.A., RioFilme, Cabanha São Rafael assinam a coprodução. Os produtores associados são Gocil, CiaRio, G8 e James Lynch. A distribuição será feita pela Downtown Filmes e Paris Filmes.

O filme tem patrocínio de: Vivo, Banrisul, Souza Cruz, PanVel Farmácias, Ibravin/Vinhos do Brasil, Eletrobrás, Latina, Eletrobrás/CGTEE, Secretaria de Esportes e Lazer do Rio Grande Do Sul, Sabesp e Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, Cabanha da Maya e Azul.

   
SINOPSE
Em meio ao cerco do casarão de sua família pelos Amarais, a já centenária Bibiana Terra Cambará (Fernanda Montenegro), relembra cento e cinquenta anos de história. Desde a trajetória de sua avó Ana Terra (Cleo Pires), até o final do século XIX. Bibiana narra sua paixão com Capitão Rodrigo (Thiago Lacerda), um romance que atravessa o tempo e prova que o amor é capaz de resistir às guerras. Baseado na maior obra do escritor Erico Verissimo.

Nenhum comentário: