Crítica Filme "Oblivion"


O ano é de 2077, a Terra sofreu um ataque alienígena e usou armas nucleares para se defender. Ganhamos a guerra, mas o custo foi alto.

Além da devastação provocada pelas ogivas nucleares, os alienígenas destruíram nossa Lua e o planeta entrou em colapso.

Assim, os humanos sobreviventes começaram a partir para uma estação lunar.

Jack Harper e sua parceira Victoria são os únicos humanos na Terra e são responsáveis pela manutenção de grandes equipamentos de segurança.

O trabalho deles está acabando, mas eles precisam combater os “saqueadores”, extra-terrestres que insistem em danificar as instalações que eles cuidam.

Victoria é uma mulher que segue rigidamente os protocolos da empresa, Jack

tem um sonho recorrente, onde vê um planeta antes do apocalipse junto de uma bela mulher. Ele ainda sente que a Terra é seu lar, e do seu jeito luta por ele.

Mas, uma espaçonave é derrubada pelos saqueadores e Jack encontra nela alguns humanos em hibernação, inclusive a mulher que ele tanto sonha.

Depois desse encontro tudo o que Jack acredita será colocado em dúvida, inclusive sua ordem de abandonar a Terra.

“Oblivion” é um filme plasticamente perfeito. Eles conseguiram criar um planeta devastado, mas ao mesmo tempo bonito e crível.

Cada vez mais fico impressionada com a qualidade tecnológica do cinema hoje em dia.

O filme tem um visual limpo, onde as estações de trabalho nos remetem ao estilo de Stanley Kubric. Aliás, o longa nos remete a vários filmes, fazendo uma homenagem aos grandes da ficção científica.

Com um roteiro envolvente, um ritmo inteligente que respeita o espectador, “Oblivion” é um filme que agradará a uma grande audiência.

Só para constar, “Oblivion” nasceu a partir de uma adaptação de oito páginas escrita pelo diretor e roteirista Joseph Kosinski, que em 2007 foi publicado como graphic novel pela Radical Publishing. Agora, o projeto virou um livro ilustrado, que foi lançado juntamente com a estreia do longa-metragem nos cinemas.

Nenhum comentário:

A VIDA INVISÍVEL no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

  Produzido por Rodrigo Teixeira, da RT Features, A VIDA INVISÍVEL teve sua estreia mundial no Festival de Cannes de 2019, no qual conquist...