Dia Mundial do Rock


Dia 13 de julho foi comemorado o Dia Mundial do Rock. Muitos shows e comemorações no mundo todo para esse dia que tem um número de fãs incontáveis. Mas, por que esse dia foi escolhido para ser o Dia Mundial do Rock? No dia 13 de julho de 1985, foi realizado o histórico show “Live-Aid” (Ajuda ao vivo). O evento foi idealizado pelo irlandês Bob Geldof, integrante da banda “Boomtown Rats”, para ajudar as pessoas que passavam fome na África. Os shows aconteceram simultaneamente em Londres, na Inglaterra, e na Filadélfia, nos Estados Unidos. Cerca de 170 mil pessoas participaram da maratona musical – 70 mil na Inglaterra e 100 mil nos Estados Unidos, enquanto 1,5 bilhões de pessoas assistiram tudo pela televisão. O objetivo era reverter toda a renda obtida para as vítimas da seca que devastava a África. Com a venda de ingressos a 35 dólares e a venda dos direitos de transmissão a 160 países, o espetáculo conseguiu arrecadar cerca de 70 milhões de dólares. Participaram do “Live-Aid” artistas como Mick Jagger, Tina Turner, Madonna, David Bowie, Sting, Phil Collins, Eric Clapton, Elton John, Paul McCartney, Jimmy Page, Robert Plant, além das bandas U2, Ozzy Osbourne e The Who, entre outros. A idéia de montar o espetáculo surgiu quando George Geldof assistiu, pela televisão, o documentário “Fome na Etiópia”. Ele ficou chocado em ver a situação das pessoas que não tinham forças nem para espantar, do próprio corpo, as moscas que as rodeavam.

Nenhum comentário:

Crítica Filme "Guerra Civil" por Rita Vaz

Estreia nesta quinta-feira o filme “Guerra Civil” dirigido pelo cineasta Alex Garland (“Ex-Machina”, “Men – Faces do Medo”). O longa, apre...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba