"Todo mundo vai se sentir mal por essa menina doce... mas ela é muito mais do que isso", afirma Alisha Weir sobre Abigail

Longa já levou mais de 1 milhão de pessoas aos cinemas desde sua estreia.

Junte uma criança indefesa, vítima de um sequestro brutal, um cenário sombrio e repleto de surpresas, um roteiro assustador e muitos efeitos especiais e você terá Abigail, novo terror da Universal Pictures, que já levou 1.6 milhões de espectadores aos cinemas com uma semana em exibição.

A bailarina durona, de 12 anos, interpretada por Alisha Weir, 14, foi inicialmente uma ideia do roteirista Stephen Shields, fã declarado do gênero terror. Ele estava examinando as opções de entretenimento a bordo em um voo de Dublin para Los Angeles quando criou Abigail: “Eu estava pensando que não tinha assistido a um bom filme de sequestro há algum tempo”. Refletindo sobre alguns de seus filmes policiais favoritos, começou a pensar em conceitos para o roteiro de um filme de sequestro e, por diversão, decidiu inserir um monstro de filme de terror na história – “Um vampiro foi uma escolha natural”.

Para a atriz Alisha Weir, que interpreta Abigail, a personagem é algo completamente novo: “Nunca tinha feito um personagem assim, e sempre amei filmes de terror. Todo mundo vai se sentir mal por essa menina doce, vítima de sequestro. Mas ela é muito mais do que isso”. Para as cenas como Abigail, Alisha alterou sua voz para soar “não tanto como uma criança inocente, e mais como um adulto confiante” e utilizou sua formação em dança para aprender uma difícil rotina de balé.

Dirigido por Matt Bettinelli-Olpin e Tyler Gillett, o longa conta a história de um grupo de criminosos que, em busca de uma recompensa milionária, sequestra a filha de um dos homens mais ricos do mundo. O que eles não faziam ideia é que a noite que transformaria suas contas bancárias poderia ser um verdadeiro pesadelo. Abigail está em cartaz nos cinemas de todo o Brasil, também em versões acessíveis. Para mais informações, consulte o cinema de sua cidade.

 

Sobre o filme:

Crianças podem ser monstros. 

Um grupo de supostos criminosos sequestra uma bailarina de doze anos, filha de um dos mais poderosos homens do submundo, e tudo o que eles precisam fazer para coletar um resgate de US$ 50 milhões é observar a garota durante a noite. Em uma mansão isolada, os raptores começam a sumir, um por um, e descobrem, tomados por um horror galopante, que estão trancados dentro de casa com uma garotinha nada normal. 

Nenhum comentário:

Canal Brasil reexibe episódios de "O Papel da Vida", conduzidos por Marina Person

“ O Papel da Vida ”, programa apresentado por Marina Person durante 2 anos no Canal Brasil, terá alguns episódios reprisados a partir de seg...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba