Sesc Digital a partir de 23.05

FILME CLÁSSICO DE TERROR E DOIS FILMES DIRIGIDOS POR MULHERES SÃO AS ESTREIAS DO SESC DIGITAL A PARTIR DE 23 DE MAIO 

"M, O Vampiro de Dusseldorf" thriller policial alemão da década de 1930, dirigido por Fritz Lang; "História Que Contamos", que conta com a direção da vencedora do Oscar Sarah Polley, e “A Mulher da Luz Própria”, documentário dedicada à cineasta Helena Ignez estreiam na plataforma Sesc Digital essa semana.

Não Perca! “Inch’Allah”, filme de Anaïs Barbeau-Lavalette, sobre um campo de refugiados palestinos na Cisjordânia e o trabalho de uma parteira canadense que dá assistência a essas mulheres.

Confira também quais filmes deixam a plataforma nas próximas semanas

_____________________________________________________________________________

Um thriller clássico de terror alemão e dois filmes onde mulheres são as protagonistas entram na programação da plataforma digital do Sesc. 

“M, O Vampiro de Dusseldorf”, de Hans Beckert, clássico de 1931, conta a história de um serial killer que ataca crianças e gera uma grande caçada da polícia em Berlim.

A vencedora do Oscar® Sarah Polley (“Entre Mulheres”) dirige o documentário “História Que Contamos”, que investiga segredos familiares de maneira descontraída e interroga de maneira divertida um elenco de personagens de confiabilidade variada, obtendo respostas refrescantemente sinceras, mas principalmente contraditórias, para as mesmas perguntas. 

O documentário brasileiro “A Mulher da Luz Própria”, da diretora Sinai Sganzerla, conta parte da história do cinema a partir da trajetória da atriz e cineasta Helena Ignez.

Em NÃO PERCA! desta semana, a dica é o longa “Inch’Allah”, de Anaïs Barbeau-Lavalette, que conta a história de Chloe, uma jovem parteira canadense, que auxilia mulheres palestinas grávidas que vivem em um campo de refugiados na Cisjordânia. A realidade com que se depara a faz rever seus próprios valores.

*****

Confira os filmes que sairão da plataforma nas duas próximas semanas.

“A Felicidade das Coisas”, de Thais Fujinaga e “Submersão”, de Wim Wenders, ficam disponíveis só até dia 28 de maio. 

E “Babilônia 2000”, de Eduardo Coutinho e os documentários de Vicent Carelli “Corumbiara” e “Adeus Capitão”, que também conta com a direção de Tita, deixam a plataforma na semana seguinte, dia 4 de junho.

Assista gratuitamente em sescsp.org.br/cinesesc ou sescsp.org.br/cinemaemcasa

Nenhum comentário:

Clube dos Vândalos, novo filme do diretor Jeff Nichols com Austin Butler e Tom Hardy, estreia hoje (20) nos cinemas

Estreia hoje nos cinemas de todo o país Clube dos Vândalos, produção da Universal Pictures que marca o retorno do diretor Jeff Nichols às te...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba